5 Erros que Todo Investidor em Ações Comete (e como evitá-los)

Fala investidor!

“Pessoas inteligentes aprendem com seus próprios erros. Pessoas sábias aprendem com os erros dos outros.”

Você já ouviu uma frase parecida com essa?

Eu já. E concordo plenamente com essa afirmação.

E eu vou até além. Tenho a convicção de que existem 2 formas de encarar os erros cometidos em nossa vida (e em nossos investimentos):

  1. Como um reforço negativo, gerando vontade de desistir de seus objetivos / desilusão / pessimismo; ou
  2. Como um aprendizado.

No meu dia a dia, eu me esforço muito para identificar todos os erros que eu cometo e buscar uma lição deles.

Embora não seja uma tarefa trivial, tenho certeza que eu já evoluí muito.

E eu acredito que todo investidor deveria fazer o mesmo na sua vida financeira.

Afinal, se existe uma certeza sobre investimentos, é essa:

”Você vai cometer erros ao investir o seu dinheiro.”

A minha ideia com esse e-mail aqui é te ajudar a não cometer alguns erros.

Erros comuns, que eu percebo que muitos investidores cometem na sua trajetória rumo a independência financeira.

Bom…

Vamos a eles!

Erro #1 – Investir em ações com foco no curto prazo

Você já parou para pensar sobre o que é, de fato, uma ação?

Eu já. E posso te afirmar que uma ação é um pedaço de uma empresa.

Não é um código no home-broker da sua corretora e nem uma “oportunidade para ganhar dinheiro nesse mês”.

Embora seu assessor, a mídia financeira e empresas vendedoras de relatórios tentem afirmar que é possível ganhar dinheiro no mercado de ações investindo com foco no curto prazo, quase ninguém ganha.

E não é sua culpa…

Afinal, é esse o status quo da indústria financeira.

Veja na imagem abaixo, por exemplo:

Como evitar esse erro?

  1. Investindo com visão de longo prazo;
  2. Focando em reduzir custos;
  3. Aprendendo a escolher boas empresas para se tornar sócio, e não boas ações para ganhar dinheiro “na próxima semana”.

Erro #2 – Focar no preço da ação, e não nos fundamentos da empresa

Esse também é muito comum.

Significa investir em uma ação sem sequer conhecer os números da empresa em questão.

Significa olhar gráficos e tendências do preço da ação em vez de resultados gerados pela empresa.

Significa ignorar totalmente o que realmente faz uma ação se valorizar, no longo prazo: a qualidade e o valor da empresa por trás da ação.

Como evitar esse erro?

  1. Conhecendo as principais escolas de investimento em ações e o racional por trás delas;
  2. Aprendendo a “ler” os indicadores da empresa e tomar decisões com base neles;

Erro #3 – Manter investimentos com prejuízos até “empatar”

Esse é um erro que eu odeio.

E te confesso que foi o que eu mais cometi, no passado.

Mais do que isso: até hoje eu me esforço para evitá-lo.

Como tudo na nossa vida, nem sempre vamos acertar as nossas análises e as ações que compramos…

Isso, inclusive, poderá ser até comum na sua trajetória como investidor.

O problema é você manter a aposta em uma ação perdedora mesmo depois dos números da empresa indicarem que ela não é um bom investimento.

Esse erro é causado por uma série de vieses comportamentais que atuam em conjunto na nossa mente e pode ser evitado de uma forma bem simples…

Como evitar esse erro?

  1. Conhecendo os principais vieses emocionais dos investidores;
  2. Tendo uma estratégia documentada te indicando quando tomar suas decisões de investimento.

Erro #4 – Focar excessivamente na opinião de terceiros

Vou te confessar que esse erro aqui até tem seus pontos positivos…

Por exemplo, ao focar na opinião de um terceiro você:

  1. Poupa tempo na sua tomada de decisões;
  2. Encontra um atalho de como agir;
  3. Pode montar uma boa carteira, desde que você esteja seguindo um bom profissional.

Entretanto, existem alguns pontos negativos que, para mim, superam os positivos:

  1. Você pode não saber o porquê de tomar cada decisão;
  2. Você não saberá quando vender uma ação;
  3. Você nunca saberá como agir por conta própria e viverá dependendo da opinião de outros.

Sendo bem franco com você: eu acredito que esse erro pode ser muito prejudicial para a sua vida…

Como evitar esse erro?

  1. Aprendendo a investir por conta própria;
  2. Contratando um excelente profissional, que você confie plenamente, para gerir seus investimentos.

Erro #5 – Não buscar conhecimento para investir melhor

Conhecimento transforma. Te liberta. E te faz ganhar mais dinheiro.

Por que não investir para se tornar mais sábio, então?

Talvez por falta de tempo…

Talvez por preguiça….

Talvez por mera comodidade…

Independentemente do motivo, essa é uma situação que você deve mudar imediatamente.

Se você quer ser um bom investidor, precisa desenvolver melhor seu conhecimento financeiro.

Como evitar esse erro?

  1. Estudando;
  2. Aplicando o que foi estudado;
  3. Estudando mais.

Uma excelente notícia para você

Eu poderia afirmar com toda a certeza do mundo que você comete pelo menos 1 dos 5 erros tratados aqui.

E não há problema algum nisso. Faz parte do caminho que todo investidor de sucesso deve trilhar.

Para fechar esse e-mail, tenho uma boa nova para você:

Amanhã, segunda-feira, dia 23 de abri, vamos abrir novas vagas para o nosso curso Descomplicando o Mercado de Ações.

Esse é um treinamento absolutamente completo onde eu te ensino tudo que eu sei sobre investimento em ações.

Dos fundamentos básicos às estratégias que eu utilizo na gestão do patrimônio de meus clientes que, somados, superam a marca dos R$ 33.000.000,00 (33 milhões).

Essa será uma oportunidade fantástica de ter acesso ao curso a um preço mais do que especial.

Se você já quiser ir se antecipando, pode ter acesso a mais informações clicando aqui.

QUERO SABER MAIS

Amanhã de manhã, vou abrir oficialmente a turma para o curso e te espero lá no rol de novos alunos!

Forte abraço,

Ramiro Gomes Ferreira