O mundo dos investimentos pode parecer simples e livre de estresse para alguns que o veem de fora. Entretanto, as pessoas que investem pela primeira vez muitas vezes descobrem que a verdade está bem longe desse mito. Investir requer tempo, esforço e, sobretudo, muita paciência. Contudo, tomando o tempo necessário para conhecer os erros comuns de investimento aos que a maioria dos investidores iniciantes estão propensos, você pode garantir que não seguirá os mesmos caminhos na sua futura trajetória no mercado.

Por isso, neste artigo apresentamos uma lista de erros comuns que você deve aprender a evitar ao começar a investir.

Erros comuns  de investimento

Não ter um plano de investimentos

Uma vez que você conheça o básico, crie seu plano de investimento. Estabeleça regras e limites para você mesmo para saber se e quando chegar o momento de cortar suas perdas. Embora você não queira investir mais do que pode perder, estabelecer regras antes de começar permite que você invista com mais confiança.

Se você não definir antecipadamente uma estratégia para iniciar ou se retirar de um investimento, você estará deixando que as emoções e a ansiedade controlem o seu dinheiro, e portanto muito possivelmente tomará as decisões erradas. 

Por esta razão, é importante que você utilize diferentes estratégias, entre as quais você pode, por exemplo, estabelecer uma tolerância máxima para perdas e obtenção de lucros, que devem ser incluídas em seu plano de negócios. Isto lhe permitirá identificar quando comprar, manter ou vender as ações.

Ao investir dinheiro, você deve entender que não existe tal coisa como um investimento perfeito. Você não pode ter tudo em um único investimento. É necessário que você tenha em mente seus próprios objetivos financeiros

Quais são suas prioridades?: alta liquidez, segurança, crescimento, maior renda, vantagens fiscais? Seja honesto consigo mesmo e com seu gestor de carteira, se você tiver um. Investir dinheiro é uma questão de entender as vantagens e desvantagens, assim como o nível de risco que você está disposto a aceitar.

Tentar ficar rico da noite para o dia

Ao contrário da crença popular, o mercado de ações não fará de você um milionário da noite para o dia. Se algo parece bom demais para ser verdade, provavelmente é. 

Faça planos de um, cinco e dez anos (ou até mais) e tente projetar como você quer que o crescimento de sua carteira esteja quando cada plano finalizar.

Não saber qual é o seu perfil de investidor

É difícil atingir uma meta se ela não for realista, e isso também se aplica ao mundo dos investimentos. Você já sabe que tipo de investidor você é? Você tende a ser mais conservador, mais moderado ou mais agressivo quando se trata de colocar o seu dinheiro naquilo em que você acredita?

Seja honesto consigo mesmo, e decida que tipo de investidor você é em relação a assumir riscos. Se você tende a perder o sono se preocupando com as flutuações de suas ações, escolha investimentos menos voláteis

Se você não transpirar cada vez que o mercado saltar ou cair, você pode estar pronto para investir de forma mais agressiva.

Descuidar a sua carteira

Se você quer ter um crescimento financeiro saudável, não invista e esqueça de cuidar da sua carteira. Quando você comprar a sua carteira de ações, verifique ela pelo menos uma vez por trimestre e afine seus investimentos

Embora você possa decidir não fazer nenhuma mudança, você começará a ver ciclos de crescimento ou perda a longo prazo de cada ação que possui. Então siga os mesmos e decida como agir de acordo com o seu plano de investimentos.

Não diversificar 

Todo investimento tem o potencial de gerar retorno, mas também riscos associados que não devemos ignorar. É por isso que diversificar os investimentos é uma maneira inteligente de reduzir perdas e melhorar suas chances de ganhar.

Não coloque todos os seus ovos em uma cesta. Não importa quão boa pareça uma determinada ação, a chave para o crescimento é diversificar. 

Sendo realista, as ações altamente valiosas como as da Apple, Google ou Petrobras são poucas e não tão simples de identificar. Em vez de investir fortemente em uma ação, reavalie periodicamente as que sejam mais interessantes para o seu perfil e reinvista seus ganhos se você acreditar que o potencial de crescimento é forte.

Assista esse vídeo e entenda como escolher as melhores ações!

Graças a essa diversificação, você pode conseguir uma carteira equilibrada, com a capacidade de reunir tudo: títulos com maior risco e rentabilidade; títulos mais seguros, mas com menos oportunidades de retorno; títulos úteis a curto, médio ou longo prazo; entre outros.

Ceder à histeria proveniente de eventos noticiosos

Como acontece classicamente, algumas ações sempre caem durante um tempo devido a um evento noticioso relevante, e muitos investidores iniciantes entram em um clima quase predizível de desânimo. 

Se o governo decidir aprovar uma lei não muito popular, se um político corrupto for libertado da prisão por interesses ideológicos, ou se houver um evento climático significativo na China, você não deve mudar seus objetivos de investimentos a longo prazo apenas por eventuais quedas das ações no mercado.

Respire fundo e lembre-se: você está no caminho longo. Em vez de ceder à histeria do mercado, sente-se e analise o que está acontecendo e como isso pode afetar sua carteira em termos de anos e não de dias.

Vender muito cedo

Os estoques flutuam. Então esteja preparado para sair de uma ação quando realmente fizer sentido dentro de sua estratégia, em vez de vender assim que um estoque começar a cair. 

É aqui que seu plano de investimento vem a calhar: consulte as regras que você estabeleceu inicialmente, e não entre em pânico e venda muito cedo. Lembre-se, sua carteira de ações é um investimento de anos, não de semanas ou meses.

Agir no mercado pensando apenas no curto prazo

Este é provavelmente um dos principais erros comuns de investimento pelo qual um investidor iniciante vende com prejuízo apenas dias, semanas ou meses após a compra de ações. 

Considere que duas pessoas diferentes poderiam comprar a mesma ação, no mesmo dia, pelo mesmo preço, mas uma registra um prejuízo de 10% e a outra um retorno de 70%. 

As ações quase sempre cairão de seu preço de compra original a curto prazo, mas isso não é motivo para vender se as ações da empresa que você comprou ainda estiverem tendo o desempenho esperado.

Pagando muito por ações de rápido crescimento 

Seus retornos são sempre uma função do preço pago por uma ação. Portanto, mesmo se você comprar ações das melhores empresas do mundo, seus retornos podem ser menores se você tiver pago demais pelas ações. 

Se você simplesmente comprar as ações de tecnologia mais quentes do dia, sem considerar a avaliação de sua carteira, o valor das mesmas podem eventualmente cair, danificando as suas chances de retorno, enquanto o mercado sobe.

Erros comuns  de investimento

Comprar “ações baratas” com base nos preços de ações antigas 

Comprar ações que encontram-se, por exemplo, há mais de 50 semanas em baixa no mercado, é muitas vezes uma receita para retornos atrozes. 

Os preços das ações são uma função das expectativas futuras e se eles estão caindo em períodos mais longos, isto significa que as expectativas do mercado são pobres. Como tal, você está colocando as probabilidades contra você mesmo na pesca de fundo para oportunidades de retorno.

Começar a investir sem obter nenhum conhecimento do mercado

Embora você não deva esperar se tornar um especialista da noite para o dia, é vital que você aprenda o básico do investimento antes de começar. 

Em vez de comprar as primeiras ações que chamam a sua atenção, pegue alguns livros e aprenda as entradas e saídas do investimento antes de colocar o seu primeiro real no mercado de ações.

Tendo em conta tudo o que você aprendeu neste artigo,  agora você já sabe que é totalmente possível evitar aqueles erros comuns de investimento que muitos cometem no começo do seu processo de investimentos, para desta forma colocar-se em uma posição financeira melhor.

É muito importante que você sempre conheça seus objetivos financeiros e controle suas escolhas de investimento. Mantenha seus custos de investimento baixos e cuide da sua carteira para sempre investir um passo à frente da multidão.

E com isso me despeço por hoje. 

Espero que você tenha gostado do nosso conteúdo. Bom investimento!