Nos últimos meses, o Hedge TOP FOFII 3 (ou HFOF11) tem se destacado como um dos maiores fundos imobiliários do mercado. Com recursos destinados ao investimento em cotas de outros FII, ele caracteriza-se como um Fundo de Fundos (FOF). Ele possui atualmente mais de 66 mil cotistas, e seu patrimônio líquido é de aproximadamente R$ 2,07 bilhões, o qual o torna o segundo maior FoF negociado na B3.

Mas a pergunta que você deve estar se fazendo é: vale a pena investir no HFOF11? Fique comigo neste artigo que eu vou lhe explicar tudo sobre este fundo de fundos. 

Histórico e Características do HFOF11

HFOF11: Características e Rentabilidade deste Fundo de Fundos Imobiliários

O Hedge TOP FOFII 3 (HFOF11) é um fundo imobiliário relativamente novo, pois a sua origem no mercado se deu em fevereiro 2018, com a emissão de 5 milhões de cotas vendidas individualmente pelo preço de R$100. Sua gestora é a Hedge Investments Real Estate Gestão de Recursos, e a sua administradora é a Hedge Investments Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Ltda, ambas regulamentadas pela CVM e ANBIMA. 

Trata-se de um fundo de investimento imobiliário do tipo gestão ativa do segmento de títulos e valores mobiliários, o qual é constituído sob a forma de condomínio fechado, com prazo de duração indeterminado, regido pelas disposições legais e regulamentares aplicáveis.

Desde o início das suas atividades, o HFOF11 vem apostando no crescimento exponencial, e subsequentemente, tendo uma alta performance. Apenas um ano depois da sua criação, a valorização bruta da sua cota na bolsa atingiu 37,3%, sendo a sua rentabilidade bruta 52,62%, o qual representou, nesse ano, 879% do Certificado de Depósito Interbancário (mais conhecido como CDI).

Um ano depois, em 2020, o fundo atingiu mais de 32 mil cotistas, com um patrimônio de mais de R$ 1,2 bilhão. E hoje, como comentamos anteriormente, esses números quase dobraram

Em 2020 também , tendo em conta o fato da similitudes das suas estratégias, a administração resolveu incorporar o TFOF11 e o FOFT11, englobando os três fundos no HFOF11, otimizando a gestão do fundo e diluindo de uma forma mais eficiente os seus custos operacionais. Os resultados dessa ação, de acordo com especialistas do mercado, já podem ser sentidos no ganho de liquidez do fundo neste ano.

Taxas do HFOF11

Na atualidade, o Hedge TOP FOFII 3 paga à administradora uma taxa anual de 0,6% sobre o valor de mercado das cotas do fundo, provisionada de forma diária e paga todo mês até o quinto dia útil, posteriormente ao mês da prestação dos serviços. 

Por outro lado, também é paga à gestora uma taxa de performance, independente da taxa de administração, que corresponde ao 20% sobre o excesso em relação à variação do Índice de Fundos de Investimentos Imobiliários (IFIX) divulgado pela B3. 

HFOF11: Características e Rentabilidade deste Fundo de Fundos Imobiliários

Essa taxa, que é calculada de forma diária, possui seu período de apuração entre os meses de junho a dezembro (contando até o último dia útil), e é retribuída no semestre posterior a critério da administradora.

Como Está Composta a Carteira do HFOF11?

Atualmente, o HFOF11 é detentor de uma carteira bastante diversificada, com cerca de 98% do seu portfólio investido em cotas de mais de 20 fundos imobiliários, com destaque para os setores corporativo, logístico-industrial, mobiliário e de shoppings. O resto do patrimônio encontra-se alocado em disponibilidades para caixa e em cotas de fundos de renda fixa com alta liquidez.

A maior participação do HFOF11 em outros fundos está no HLOG11 , um fundo imobiliário do tipo tijolo do segmento de galpões logísticos, com 14,5% (proporção variável durante o ano de acordo com a compra e venda).

O portfólio deste fundo, além disso, encontra-se dividido em três partes, e 49% dele está diretamente atrelado a ganho de capital. Isso significa que parte da geração de resultados do fundo provém da compra e venda de cotas de fundos imobiliários, que com uma gestão ativa, procura garantir uma ótima performance dos fundos, o qual subsequentemente se traduz em uma boa distribuição de dividendos para os cotistas. A outra metade dos ativos do fundo, por outro lado, está alocada na geração de renda.

Dividendos do Fundo

Os dividendos do HFOF11 são distribuídos em função do resultado financeiro mensal apurado pelo fundo, que concede 95% dos lucros no período. Esses dividendos, de acordo com o estatuto do fundo, são pagos mensalmente no dia 15.

Confira abaixa a tabela com o histórico recente de dividendos distribuídos pelo HEDGE TOP FOFII 3 (HFOF11):

HFOF11: Características e Rentabilidade deste Fundo de Fundos Imobiliários
Dividendos distribuídos pelo HFOF11. Fonte: Status Invest.

Riscos do Investimento no HFOF11

Como sempre comentamos aqui, no Clube do Valor, todo investimento possui riscos. Você, no entanto, deve definir o limite de riscos que está disposto a tomar de acordo com o seu perfil de investidor e com os seus objetivos a médio e longo prazo.

Como vimos ao longo deste artigo, o HFOF11 aloca seus recursos em diversos segmentos da bolsa, cuja performance pode variar constantemente positiva ou negativamente de acordo com diversos fatores. Por isso, as atividades deste fundo podem estar atreladas a diversos riscos, como:

1- Risco de liquidez.

Os FIIs não permitem, de forma geral, o resgate antecipado, pelo qual o processo de comercialização das cotas depende do mercado secundário. Isto reduz, então, as chances de liquidez dos ativos a serem resgatados durante o período em que é convertida uma cota em dinheiro.

Apesar de a liquidez do HFOF11 ser relativamente boa e estável, você deve sempre ter em conta que, na maioria dos casos, o mercado secundário para a negociação de cotas de FIIs possuem uma baixa liquidez no Brasil.

2- Risco de Crédito.

Este tipo de risco afeta diretamente os títulos de dívidas, como LCI (Letra de Crédito Imobiliário), CRI (Certificados de Recebíveis Imobiliários) ou LH (Letras Hipotecárias). Os riscos de que o tomador ou instituição emissora do papel não acate seu pagamento correspondente sempre está presente, e pode variar de acordo com o título.

Quando esses pagamentos não são realizados conforme os prazos estipulados, os imóveis ofertados como garantia são quitados, o qual pode afetar o fundo. 

O lado bom disso é que esses títulos representam hoje apenas uma pequena parte do portfólio do HFOF11.

2- Risco de Mercado.

Apesar do portfólio do HFOF11 ser consideravelmente diversificado, existe ainda um risco relacionado à possibilidade de variação no preço dos ativos ou na rentabilidade dos ativos presentes no portfólio.

Como grande parte do rendimento do fundo é produzido pela compra e venda de vários fundos imobiliários, eventuais quedas no setor, inadimplências, vacâncias e oscilações do valor dos imóveis podem causar danos consideráveis, impactando numa das mais importantes fontes de renda do fundo.

HFOF11: Características e Rentabilidade deste Fundo de Fundos Imobiliários

Então, Vale a pena Investir no HFOF11?

Depois de ter lido a nossa análise do fundo, você já pode ter uma opinião pessoal sobre os benefícios deste FOF. No Clube do Valor, sempre recomendamos pensar nessa questão levando em conta a sua estratégia de investimentos

Apesar do alto valor das ações do HFOF11, acreditamos que investir no longo prazo nesse fundo pode ser uma opção interessante. De forma geral, este fundo pode ser uma boa opção para todo investidor que procura alocar uma parte seus recursos em fundos imobiliários que paguem bons rendimentos anuais, apesar de não possuírem uma constância mensal.

E, por fim, se você quiser aprender como investir em fundos imobiliários, assista o nosso curso sobre o assunto e faça a sua carteira se valorizar mais do que a média do mercado!