As 10 Melhores Ações Pagadoras de Dividendos em 2020

O que é empreendedorismo

Você já sonhou em viver de dividendos?

Poder curtir a vida na praia, com tranquilidade, sem ter que trabalhar, enquanto dinheiro entra em sua conta de forma previsível todos os meses?

Eu posso dizer que a maioria das pessoas que investe em ações sonha com um futuro parecido com esse.

E é justamente esse sonho de poder viver de renda que faz muitos investidores procurarem as empresas melhores pagadoras de dividendos na Bolsa para sua carteira de ações.

Afinal, esse deve ser o melhor jeito de fazer sua carteira crescer para um futuro no qual você pode viver de renda, não é?

Bom, digamos que não é tão simples assim…

Ao longo deste artigo, vou falar um pouco mais sobre os dividendos e quais foram os resultados que as empresas que eram propagandeadas como as “melhores pagadoras de dividendos” uns anos atrás tiveram recentemente.

E, não se preocupe: vou também disponibilizar o Top 10 de melhores empresas pagadoras de dividendos no momento (abril de 2020), de acordo com alguns critérios definidos por mim e minha equipe!

Então continue lendo para conferir todas essas informações e este ranking!

    O QUE SÃO DIVIDENDOS?

    Dividendos: o que é?

    Antes de mais nada, é importante observar rapidamente o que exatamente são os dividendos.

    Quando você adquire uma ação na Bolsa de Valores, o que você está comprando, na verdade, é um pequeno pedaço de uma empresa.

    É por isso que dizemos que ser acionista de uma companhia é como ser sócio dela!

    E quando essa empresa tem lucro, uma dessas 3 coisas deve acontecer:

    • Ela distribuirá seu lucro entre seus sócios e acionistas (e você receberá ele como dividendos)
    • Ela reinvestirá esse lucro no próprio negócio para crescer mais (construindo novas fábricas, comprando concorrentes, aumentando seus ativos, etc).
    • Ela distribuirá parte do lucro entre seus sócios e acionistas e reinvestirá outra parte dele.

    É importante lembrar que, caso não esteja escrito o contrário no estatuto da empresa, ela é obrigada a distribuir pelo menos 25% dos seus lucros líquidos entre seus acionistas.

    E é basicamente isso que dividendos são: a distribuição entre os acionistas e sócios de parte ou totalidade do lucro líquido da empresa em um determinado período.

    Cabe lembrar também que os juros sobre capital próprio funcionam também de forma muito parecida, para todos os efeitos deste estudo.

    Mas, então, o melhor é mesmo procurar as melhores pagadoras de dividendos não é? Para fazer parte desta distribuição de resultados todos os meses e ter mais renda recorrente?

    Seria ótimo se as coisas fossem tão simples, mas nem sempre esse é o melhor caminho, como vou mostrar a seguir.

    AÇÕES QUE PAGAM DIVIDENDOS MENSAIS FAZEM SUA CARTEIRA RENDER MAIS?

    gestao-de-investimentos

    É uma ideia muito divulgada nas mídias financeiras que uma carteira realmente vencedora é uma carteira cheia de ações que dão muitos dividendos com muita regularidade.

    Por seguir uma estratégia de Value Investing, mais voltada à valorização das empresas ao longo prazo, eu sempre desconfiei um pouco destas afirmações.

    Inclusive, a estratégia que eu ensino no curso Descomplicando o Mercado de Ações é totalmente baseada em Value Investing,

    Para verificar a verdade por trás disso, decidi, junto com minha equipe, fazer um teste.

    Para descobrir se empresas boas pagadoras de dividendos realmente fazem diferença no resultado de sua carteira, eu realizei, junto da equipe do Clube do Valor, o seguinte estudo:

    Nós entramos no Google e pesquisamos “Empresas Boas Pagadoras de Dividendos”.

    Depois disso, acessamos a aba “Notícias” e selecionamos aleatoriamente alguns artigos sobre o assunto publicados entre 2012 e 2014.

    Assim, poderíamos ver qual desempenho tiveram as empresas recomendadas como boas pagadoras de dividendos naquela época até hoje.

    Observamos 4 diferentes artigos que juntos mencionavam 17 ações diferentes, e consideramos cada um deles como uma carteira composta pelas ações que ele citava.

    Dessa forma, poderíamos ver quais carteiras recomendadas por estes artigos teriam vencido o Ibovespa e o IBRx, os principais índices para medir renda variável no Brasil.

    O resultado foi este:

    O primeiro artigo, de 2013, mencionava as ações BBDC3 (Bradesco), BVMF3 (B3, que posteriormente se tornou a B3SA3 e a BRML3 (brMalls).

    E este é o resultado que essas 3 ações, individualmente, e uma carteira composta por elas em partes iguais, tiveram neste período.

    É possível perceber que, apesar da BRML3 ter tido um resultado negativo no período, o forte crescimento da BBDC4 e da BVMF3 (B3SA3) teriam feito essa carteira não apenas terminar no positivo como superar o Ibovespa e o IBRx com boa folga.

    Essa seleção de ações estaria, portanto, aprovada.

    Vamos para a segunda notícia estudada:

    Este segundo artigo, publicado na Exame, também recomendava 3 empresas boas pagadoras de dividendos.

    Neste caso, eram a CMIG4 (CEMIG – Companhia Energética de Minas Gerais), a CGAS5 (Comgás – Companhia de Gás de São Paulo) e a GETI4 (AES Tietê, que se tornou a TIET11)

    E esses foram os resultados individuais das ações e de uma carteira composta por 33% de cada uma delas:

    Podemos ver que, novamente, as recomendações do artigo teriam tido um resultado positivo, e bem acima do Ibovespa e do IBRx.

    No entanto, nesse caso há algo importante a ser notado: duas das empresas citadas (CMIG4 e GETI4) não teriam superado o mercado no período. 

    A primeira, inclusive, teria terminado o período no negativo.

    Essa carteira só teria tido um resultado tão positivo devido ao crescimento estrondoso da Comgás nos últimos anos.

    Por isso, esta seleção de ações boas pagadoras de dividendos está aprovada, mas com fortes ressalvas.

    Vejamos o caso número 3:

    Dessa vez, a Infomoney citou 7 ações neste artigo de 2013.

    São elas: CIEL3 (Cielo), VLID3 (Valid), VIVT4 (Telefônica Brasil), ENBR3 (EDP Energias do Brasil), CRUZ3 (Souza Cruz, que saiu do mercado em nov/2015), UGPA3 (Ultrapar) e BBAS3 (Banco do Brasil).

    E esses seriam os resultados dessa cesta de ações:

    É possível ver que essa carteira teria tido um desempenho bem diferente das duas anteriores.

    Apesar do forte crescimento da ENBR3, 3 ações com fortes quedas no período (CIEL3, VLID3 e UGPA3) teriam feito este conjunto de ações terminar positivo, mas bem abaixo do IBRx e do Ibovespa.

    Essa carteira estaria, então, reprovada em nosso estudo.

    Vamos conferir como foi a quarta e última carteira estudada:

    Para nosso último estudo, selecionamos aleatoriamente esse artigo que lista 5 ações: CIEL3 (Cielo), VIVT4 (Telefônica), BBSE3 (BB Serguridade), CCRO3 (Grupo CCR) e VALE3 (Vale).

    E estes foram os resultados:

    Observando os números, vemos novamente que, mesmo duas ações das cinco batendo o mercado, uma carteira com as cinco teria tido uma rentabilidade pior que um simples investimento no Ibovespa ou no IBRx.

    Podemos ver então que, das 4 carteiras observadas, apenas 2 teriam vencido o mercado neste período, e as outras duas teriam perdido.

    Além disso, dentro destas carteiras, das 17 ações únicas, 8 teriam vencido o mercado, 8 teriam perdido e uma (CRUZ3 – Souza Cruz) saiu do mercado em 2015.

    Ou seja, dividendos não são ruins, de jeito nenhum.

    Mas eles também não são essa garantia de grandes desempenhos nem de uma caminhada tranquila rumo a “Viver de Renda”, como muitas pessoas do mercado falam hoje em dia.

    É importante frisar também que esses nossos estudos não são de forma nenhuma direcionados a atacar estes veículos de comunicação e seus analistas.

    Queremos apenas mostrar que, muitas vezes, dividendos são superestimados, e que você não deve investir apenas tendo eles em mente.

    É necessário ter uma carteira diversificada que vença o Ibovespa e o IBRx no longo prazo para garantir que você vai viver de renda no futuro.

    De qualquer forma, como prometido, segue agora nosso Top 10 Melhores Pagadoras de Rendimentos do Clube do Valor no momento! (Abril de 2020)

    AS 10 MELHORES PAGADORAS DE DIVIDENDOS NO MOMENTO

    meu-primeiro-milhao

    Agora, chegou a hora pela qual você deve estar esperando desde que clicou neste artigo, não é?

    A hora das melhores ações pagadoras de dividendos do momento.

    Antes de apresentar a lista de melhores pagadoras de dividendos, é importante mencionar que nós não simplesmente pegamos todas as empresas da Bovespa e as ordenamos por Dividend Yield.

    Nós aplicamos um filtro de 5 etapas para que as empresas estivessem aptas a aparecer em nosso ranking. 

    O filtro continha estas condições:

    1 – As empresas precisam ter um Dividend Yield positivo e diferente de 0 desde 2011.

    2 – As empresas precisam ter uma liquidez média diária na Bolsa de pelo menos R$ 200.000,00 nos últimos 12 meses (para garantir que você pode comprá-las ou vendê-las facilmente) 

    3 – A divisão do Yield Máximo pelo Yield Mínimo não pode ser superior a 10x (para selecionar empresas com dividendos mais constantes)

    4 – A Média dividida pela Mediana dos dividendos da empresa deve ficar entre 80% e 120% (para evitar considerar eventos extraordinários)

    5 – A empresa não pode ter cancelado ou atrasado a distribuição de dividendos devido à pandemia pela qual estamos passando em Abril de 2020.

    E, após passarmos todas as empresas disponíveis por esse filtro, chegamos ao seguinte Top 10 de ações por distribuição de dividendos:

    Mesmo disponibilizando esse ranking aqui, depois de tudo que foi explicado neste artigo, espero que você não acredite que basta comprar estas 10 ações para viver de rendimentos!

    Investir vai muito além disso, e não há uma métrica apenas que garanta sucesso sempre!

    NO QUE VOCÊ DEVE FOCAR

    Chegando ao final deste artigo, eu gostaria de lembrar você daquilo em que você deve focar nos investimentos, de verdade:

    • Tenha uma estratégia sólida que você entende e consegue seguir sem depender de ninguém.
    • Foque sempre em uma estratégia certa para seu padrão de patrimônio e tolerância ao risco.
    • Busque ações com maior valorização no longo prazo, sejam elas boas pagadoras de dividendos ou não.
    • Na fase de acúmulo, sempre tente reinvestir em sua própria carteira os rendimentos dela.
    • Não acredite em tudo que lê. Alguns anos atrás, a OIBR4 era uma das ações recomendadas para comprar e “esquecer na carteira”. Ela se desvalorizou 99% desde então:

    É só com estratégia, paciência e uma carteira sólida e diversificada que você vai conseguir atingir sua Independência Financeira.

    Não é comprando as ações melhores pagadoras de dividendos do momento.

    E para te ajudar a descobrir quando você vai chegar neste objetivo, disponibilizo abaixo a Calculadora de Independência Financeira.

    Com ela, você poderá verificar as condições para atingir o estágio de “Viver de Renda“:

    Cálculo Independência Financeira
     
    R$
    ,00

    Considerar poder de compra atual (a dinheiro de hoje)

    Prazo
    anos
    R$
    ,00
    R$
    ,00
    CALCULAR

    Se você tiver alguma dúvida, neste artigo temos mais informações sobre o funcionamento desta ferramenta!

    Com isso, me despeço por hoje. 

    Um forte abraço,

    Ramiro Gomes Ferreira.


    Artigos Relacionados