Viver de dividendos!

Esse é o sonho de boa parte dos investidores em ações!

Porém, são muito poucas as pessoas que têm a clareza de como encontrar as ações que mais pagam dividendos de forma consistente.

E esse é um passo essencial para todos que têm o sonho de receber uma renda passiva capaz de sustentar seu estilo de vida.

E é para ajudar quem tem dificuldade nessa busca por ações que são verdadeiramente as “vacas leiteiras” da Bolsa que estou escrevendo este artigo!

Então continua lendo para aprender 3 formas simples de encher sua carteira de papéis de empresas que pagam ótimos proventos!

FORMA 1: OBSERVANDO A CARTEIRA DE FUNDOS DE AÇÕES DE DIVIDENDOS

fundos de investimento

A primeira forma de encontrar as melhores pagadoras de dividendos da Bolsa é… deixando que grandes gestores de investimentos façam isso por você!

Calma, vou explicar…

Uma das modalidades mais comuns de investimento em ações é através de Fundos de Investimento em Ações, os famosos FIAs.

Essas são uniões de investidores que colocam seu patrimônio sob a gestão de um gestor profissional, que utiliza esse patrimônio para montar uma carteira de ações.

Essa carteira é montada de acordo com a estratégia do gestor, e com foco no objetivo que ele quer atingir com o Fundo.

E acontece que alguns desses FIAs são focados em ações de dividendos!

E, como eles são obrigados a expor suas carteiras, você pode fazer uma leitura dos investimentos deles e ver se eles fazem sentido para você!

O primeiro passo para aplicar esse método é encontrar Fundos de Ações com foco em dividendos.

Uma simples pesquisa na aba de Fundos do site da sua corretora pelo termo “Dividendos” deve render alguns resultados.

Depois disso, você deve pegar o CNPJ do FIA (pode estar já na página da corretora. Se não, certamente estará no regulamento do Fundo).

Então, é hora de ver como está composta a carteira do FIA, e você pode fazer isso pelo próprio site da CVM, ou por ferramentas gratuitas como o site Mais Retorno, que vou usar como exemplo aqui.

Então, basta ir na aba Ferramentas > Lista de fundos (com Filtro):

E pesquisar o CNPJ do FIA que você encontrou (Usei o Icatu Vanguarda como exemplo):

Finalmente, é só descer até “Composição da Carteira” e apertar em “Visualize Todos os Ativos deste Fundo” e então em “Ações”, para ver toda a carteira na qual o FIA investe:

Às vezes, algumas ações estarão ocultas, mas a carteira de 3 meses antes do momento no qual você está consultando estará, por lei, exposta!

Fazendo isso para alguns FIAs de dividendos, você pode ter uma boa ideia de em quais ações os gestores estão investindo para ter bons proventos para seus cotistas!

E, a partir disso, você pode ter uma noção melhor de quais ações observar, e de quais podem fazer sentido para você!

Se você gostou desse método, vai adorar o próximo, pois levamos essa lógica um passo adiante! Quer ver?

FORMA 2: OBSERVANDO A CARTEIRA DO IDIV (ÍNDICE DE DIVIDENDOS DA B3)

O que é Bolsa de Valores

A segunda forma de encontrar ações boas pagadoras de dividendos que vou mostrar hoje é… deixando a própria Bolsa de Valores te falar quais elas são!

Mas como assim?

A B3, empresa que administra a Bolsa brasileira, desenvolveu um Índice de Ações Boas Pagadoras de Dividendos, chamado IDIV.

Eu até já escrevi um artigo completo falando sobre ele, e você pode ler esse material aqui!

Porém, de forma resumida, essa é uma carteira teórica de ativos bons pagadores de dividendos da Bolsa de Valores.

Ou seja, uma “cesta” de ativos, onde eles estão presentes na proporção de seu valor de mercado.

Mas como a B3 faz essa seleção?

Basicamente, de forma quantitativa, obedecendo a 3 critérios:

  • A empresa deve estar entre os 33% (1/3) de ativos que mais pagou dividendos nos últimos 36 meses (deve pagar bem)
  • A soma de Dividend Yield de cada 12 meses da ação deve ser maior que 0 nos últimos 36 meses (deve ter recorrência)
  • As ações devem estar sendo negociadas em 95% dos pregões no período das 3 carteiras anteriores, e estar entre os 99% dos ativos mais negociados neles (deve ter liquidez)

Além disso, a empresa não pode figurar no IDIV se:

  • Estiver em recuperação judicial ou extra-judicial
  • Estiver em regime de administração temporária ou intervenção

Ou seja, se uma ação aparece no IDIV, você SABE que ela passa em todos esses critérios.

Mas como encontrar a composição deste Índice?

É, na verdade, muito simples. O primeiro passo é pesquisar “IDIV B3” no Google.

Depois disso, entrar no link do IDIV do site da B3 e olhar “Composição da Carteira”.

Assim, você vai ver uma lista de ações como essa abaixo, que vai estar sempre atualizada, com a participação da empresa no índice exposta:

Então, basta você ver as que fazem sentido para você na sua estratégia e investir!

Esses dois primeiros métodos são bem simples, e podem te ajudar muito!

Porém, agora vou passar para uma estratégia um pouco mais trabalhosa, mas que teria dado grandes resultados no passado! Dá uma olhada: 

FORMA 3: APLICANDO O MÉTODO BAZIN

A última forma que vou te mostrar de montar uma carteira de ações vencedora é também minha favorita!

Esse método consiste de deixar o lendário investidor Décio Bazin te dizer quais as melhores pagadoras!

Se você não o conhece, Décio Bazin foi um jornalista econômico e operador de uma corretora de investimentos.

Ele viveu de 1931 a 2003, e fez amizade com muitas personalidades do mercado financeiro brasileiro, como Luiz Barsi, por exemplo.

Ele também desenvolveu uma famosa estratégia de seleção de ações boas pagadoras de dividendos, que compartilhou em seu livro “Faça Fortuna com Ações Antes que Seja Tarde”.

Eu explico um pouco mais a fundo o funcionamento desse método nesse artigo!

Porém, de forma resumida, a ideia é investir em empresas que pagam bons dividendos mesmo quando convertidos ao dólar.

Isso se deve ao contexto de inflação e desvalorização do real no qual escreveu o livro.

Por isso, ele usa a métrica Cash Yield em vez de Dividend Yield (Cash Yield = Dividend Yield convertido para dólar na cotação do momento).

Aqui no Clube do Valor, nós não seguimos o passo a passo original, e sim uma adaptação nossa, para deixá-lo mensurável e remover subjetividades.

Dá uma olhada nos 3 pontos para aplicar nossa versão do Método Bazin:

  • Remover empresas com menos de R$ 200.000 de liquidez diária
  • Deixar apenas ações com Cash Yield mínimo de 6% a.a. nos últimos 3 pagamentos
  • Rebalancear anualmente

E é só isso! Um método simples para encontrar boas pagadoras de dividendos!

Hoje (25/03/2021), uma carteira formada por estes critérios estaria mais ou menos assim:

Vale lembrar que nossos alunos do curso completo Descomplicando o Mercado de Ações (que abre algumas vezes por ano) têm acesso a uma aula completa deste método.

Além disso, podem consultar de forma vitalícia um ranking atualizado mensalmente com as melhores ações segundo ele!

Você pode conhecer mais do curso DMA apertando aqui!

E essas são 3 formas simples de investir em ações boas pagadoras de dividendos!

Mas continua lendo porque eu ainda tenho uma mensagem importante para te passar!

COMO COMEÇAR A INVESTIR EM AÇÕES?

Legal, agora você sabe 3 formas simples e interessantes de encher sua carteira de ações de boas pagadoras de dividendos!

Mas… talvez você ainda não esteja pronto para fazer isso…

Vou explicar.

Se você está lendo esse artigo antes de sequer ter começado a investir na Bolsa, é importante garantir que você vai passar por todas as etapas necessárias para investir da forma certa.

É por isso que, aqui no Clube do Valor, criamos o Checklist para Investimento em Ações!

Esse é um material gratuito com 8 passos que todos os investidores em ações devem dar para garantir que estão investindo com segurança e consciência!

Eu recomendo fortemente que você aperte aqui e baixe esse material de graça.

Ele pode te poupar de muita dor de cabeça no futuro!

E, com isso, me despeço por hoje!

Bons investimentos e um forte abraço!

Antonio Stein