Como Adquirir Conhecimento Financeiro: Aprenda a Encontrar Boas Fontes de Conteúdo e 3 Passos Para Saber Se um Autor/Professor é Confiável

Como adquirir conhecimento financeiro?

Essa pode ser uma dúvida muito comum entre os leitores do blog.

Especialmente entre aqueles que estão começando a sua jornada rumo à independência financeira.

E de fato, essa é uma pergunta que eu recebo com frequência, motivo pelo qual ela já foi transformada em um vídeo (que você pode assistir logo acima).

Mas afinal, como adquirir esse conhecimento?

Onde buscar as melhores informações?

Qual método de aprendizagem utilizar?

Vale a pena fazer uma graduação ou pós-graduação sobre o tema?

Todas essas e outras perguntas eu espero responder nesse novo artigo do Clube do Valor.

Vou te mostrar o segredo que eu acredito existir para adquirir conhecimento, além de indicar uma forma de encontrar bons conteúdos sobre o assunto.

Ah, também vou te mostrar um passo a passo para você comprovar se um autor/professor é realmente confiável.

Parece interessante, não é mesmo?

Então continue a leitura para dominar os seguintes pontos:

Se você quiser tirar outra dúvida comigo, recomendo que você preencha o formulário abaixo e mande a sua pergunta.

A nossa equipe vai receber a sua dúvida e entraremos em contato o mais breve possível!



O SEGREDO PARA ADQUIRIR CONHECIMENTO

Como Adquirir Conhecimento Financeiro

Antes de nos aprofundarmos sobre o tema, gostaria de compartilhar aquele que eu acredito ser o segredo para ter sucesso nessa busca.

E esse é um segredo muito, mas muito simples.

Você só precisa:

  • Estudar bons conteúdos; e
  • Colocar em prática o que foi aprendido.

No final das contas, você só precisa encontrar materiais ou fontes de qualidade e colocar (ou tentar colocar) em ação o que você aprender sobre o assunto.

Dessa forma, você mesmo passa a entender o que funciona e o que não funciona dentro daquele conhecimento específico.

Simples assim.

Infelizmente não basta ser um teórico que passa o tempo todo estudando sem ver o conhecimento ser aplicado.

E também não basta querer trocar os pés pelas mãos e sair praticando conceitos que você mal entendeu.

Foi assim que eu adquiri todo conhecimento que possuo na área e, para mim esse, é o melhor conselho que eu poderia dar sobre “como adquirir conhecimento financeiro”.

COMO ENCONTRAR BOAS FONTES DE CONTEÚDO

Como Adquirir Conhecimento Financeiro

Agora que eu já compartilhei aquele que eu acredito ser o segredo para adquirir qualquer conhecimento (inclusive o financeiro), está na hora de nos aprofundarmos no assunto.

Primeiro eu gostaria de falar sobre a necessidade de graduação e pós-graduação.

GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO

Como Adquirir Conhecimento Financeiro

Muitos me perguntam qual graduação ou pós-graduação eu fiz.

Imagino que alguns devam imaginar que a parte acadêmica contribuiu muito para a formação do meu conhecimento.

Porém, gostaria de deixar claro que pouco (ou quase nada) do conhecimento financeiro que eu possuo foram adquiridos através da graduação.

Eu me graduei em Ciência Contábeis, então eventualmente aprendi sobre temas como matemática financeira, administração financeira, etc.

Mas a graduação não deve ter contribuído nem com 5% do conhecimento financeiro que eu possuo hoje.

Portanto, em se tratando de investimentos, eu vejo alguns problemas na graduação e pós-graduação.

O primeiro deles é o fato de a grade curricular ser muito inflexível.

Ou seja, é muito difícil o conteúdo dos cursos se atualizarem rapidamente.

Existe muita burocracia e uma necessidade de aprovação constante, o que acaba tornando a grade defasada.

Outro problema que eu vejo é o fato de os professores serem muito teóricos.

É claro que eu tive bons professores na graduação, mas também tive péssimos mestres.

Do tipo que simplesmente pega a informação dos livros e passam para os alunos.

Não há uma experiência prática e vivência para ser compartilhada.

E, como último problema da graduação/pós-graduação, acredito que haja muito desinteresse por parte do público que frequenta esses cursos.

E isso é normal, afinal são muitas pessoas e algumas podem realmente não estar interessadas em todas as matérias ministradas.

Isso aconteceu até comigo em algumas disciplinas.

Dito tudo isso, a minha recomendação é que a formação acadêmica não deve ser encarada como uma boa fonte de conhecimento financeiro.

É claro que um curso superior confere ao aluno um diploma e o canudo pode ser importante para algumas carreiras.

Porém, eu recomendo você não se prenda muito a graduação/pós-graduação se o seu interesse for adquirir conhecimento financeiro.

CERTIFICAÇÕES PROFISSIONAIS

Como Adquirir Conhecimento Financeiro

Quando o assunto são certificações profissionais, a abordagem é parecida.

Eu, por exemplo, tenho duas certificações:

  • CGA ou Certificação de Gestores ANBIMA; e
  • CFP ou Certified Financial Planner (Planejador Financeiro Certificado, em tradução livre)

É lógico que existem muitas outras certificações, como a CPA-20 e a Ancord.

E qual é a minha visão sobre o tema?

Apesar de ter conhecimentos muito importantes e bem práticos que ajudaram em minha carreira, os conteúdos das certificações também possuem muitos detalhes apenas teóricos e que são até mesmo de difícil aplicação.

Então, vale a pena ou não?

Se você quer ser um profissional da área, se você quer trabalhar com finanças e investimentos, definitivamente vale.

As certificações garantem um conteúdo valioso e muito conhecimento prático.

Porém, se você é apenas um investidor e quer somente aprender a gerir a sua carteira com qualidade, não acredito que as certificações sejam um bom caminho.

A melhor alternativa seria seguir os próximos conselhos que vou compartilhar a seguir.

BONS LIVROS, BLOGS, CANAIS DO YOUTUBE E CURSOS

Como Adquirir Conhecimento Financeiro

Para mim, a fonte de conteúdo que mais funcionou foram os livros.

Eu tenho o costume de ler pelo menos 20 livros por ano e foram eles os responsáveis por pelo menos 60% do conhecimento que eu tenho hoje.

Lembrando, é claro, daquele segredo que eu compartilhei no começo do artigo: conhecimento aplicado à prática.

Em se tratando de livros, blogs, canais do YouTube e cursos, existe uma regra bem importante: conferir o autor ou pessoa por trás daquele conteúdo.

Isso porque é muito importante saber as credenciais do indivíduo que está passando o conteúdo.

É importante saber se essa pessoa detém o conhecimento e tem experiência prática sobre o que está ensinando.

Mas antes de me aprofundar nesse tema, gostaria de indicar três matérias aqui do Clube do Valor que podem ajudar quem procura bons conteúdos em livros, canais e blogs.

Essas são apenas algumas das minhas recomendações em cada uma dessas categorias.

COMO ENTENDER SE UM AUTOR/PROFESSOR É CONFIÁVEL EM 3 PASSOS

Como Adquirir Conhecimento Financeiro

E, para fechar este artigo com chave de ouro, gostaria de falar sobre como entender se um autor/professor é realmente confiável e transmite um conteúdo de qualidade.

Tudo isso em apenas 3 passos simples que você pode seguir na prática.

Afinal, há muitos livros, blogs, canais e cursos de pessoas que, infelizmente não oferecem um conteúdo de muita qualidade.

É por isso que eu acho que é essencial buscar informação das fontes certas.

Passo #1 – Pesquisar mais informações sobre quem traz a mensagem

Em um primeiro momento, é importante entender o que esse autor/professor faz da vida.

Ele é um investidor que está aprendendo sobre investimentos e quer ensinar sobre o assunto também?

Ou é um profissional da área que dá aulas no seu tempo livre?

Entender o que o autor/professor faz é importante para saber de onde essa pessoa tira suas informações.

Ela usa as experiências práticas do seu dia a dia?

Ou usa conhecimentos de livros e outras fontes?

A partir dessa análise, também é possível entender se o profissional também possui experiência na área, o que geralmente é um bom indício de confiabilidade.

Passo #2 – Essa pessoa é walk the talk?

Uma pessoa walk the talk é alguém que faz o que ensina.

Alguém que transmite informações teóricas e não as coloca em prática certamente não pode ser confiável.

Ou ela não confia no que está ensinando ou ela transmite um conhecimento que de fato não detém.

Um bom exemplo é um investidor que quer ensinar a investir no curtíssimo prazo, praticando Day Trade, mas é super conservador e tem apenas ativos visando o longo prazo.

Essa pessoa infelizmente não está apta a ensinar sobre como operar na bolsa de valores como um especulador.

Passo #3 – Ela é remunerada com as informações passadas? De qual forma?

Por fim, é preciso entender se essa pessoa é remunerada com as informações que transmite.

Eu já vou logo avisando que não há problema nenhum em ser pago em alguns casos, como em cursos ministrados pelo autor/professor.

E por que isso é tão importante?

Por que é preciso avaliar se há um real alinhamento de interesse entre professor/autor e aluno.

Será que a pessoa está passando aquele conhecimento porque ela quer te ajudar ou simplesmente porque ela quer dinheiro?

Nós, aqui do Clube do Valor e da AGM Brasil, somos um bom exemplo.

Produzimos uma série de conteúdos gratuitos aqui no blog e no YouTube com o objetivo de cumprirmos nossa missão: trazer tranquilidade financeira para 1 milhão de pessoas até 2020.

Porém, nós também oferecemos um serviço de gestão de investimentos para auxiliar aqueles que nos procuram.

É lógico que, neste caso, somos remunerados.

Mas ainda sim produzimos muito conteúdo gratuitamente, como este artigo e o vídeo que você assistiu no início do texto.

Se você quiser aprender do zero, definitivamente vai encontrar muito conteúdo no blog e em nosso canal.

Porém, se você quiser contar com uma ajuda profissional que vai te mostrar como investir melhor, também oferecemos esse serviço.

CONCLUSÃO

Como Adquirir Conhecimento Financeiro

E assim chegamos ao final de mais um artigo aqui do Clube do Valor.

Aqui você aprendeu como buscar conhecimento financeiro e aquele que eu acredito ser o segredo para alcançar esse objetivo: estudar e colocar em prática o aprendizado.

Além disso, falei sobre as diferentes fontes de conhecimento, algumas boas e outras nem tanto, e que podem te aproximar ainda mais dos seus objetivos.

Se você ainda não conhece, recomendo que você visite e se inscreva em nosso canal no YouTube.

Lá eu posto diversos vídeos falando sobre investimentos, finanças pessoais, seguros e dicas como essa que eu acabei de compartilhar com você.

Confere também a série “Ramiro Responde”, onde você pode encontrar o vídeo que inspirou a criação deste conteúdo.

Eu vou ficando por aqui.

Forte abraço,

Ramiro Gomes Ferreira.

Como Adquirir Conhecimento Financeiro: Aprenda a Encontrar Boas Fontes de Conteúdo e 3 Passos Para Saber Se um Autor/Professor é Confiável
Avalie-nos