Meu Primeiro Milhão: a Verdade que Ninguém te Conta

Veja por que eles continuam investindo em ações no longo prazo

Ah! Meu primeiro milhão!

Conquistar o primeiro milhão de reais não é tão simples e não se limita a cortar alguns gastos.

E é uma pena que ninguém te conta isso.

Nesse artigo eu vou te mostrar um caminho alternativo para a construção do seu patrimônio. Um caminho que certamente o seu educador financeiro não te contou, embora seja o caminho que ele mesmo segue. 

Um caminho que é bastante difícil, mas com certeza é o mais eficaz para conquistar o primeiro milhão e até mais do que isso.

Isso porque eu fico bastante indignado sempre que eu vejo alguém ensinar um caminho A e trilhar um caminho B.

E como aqui no Clube do Valor à nossa marca registrada é a transparência, vou te mostrar a verdade! Ou seja, as coisas como elas são.

Eu vou te mostrar qual é caminho que eu estou trilhando para a formação do meu patrimônio e o que eu acho mais eficaz para a maioria das pessoas.

Além disso, ao final deste artigo você vai ter acesso ao E-book Resumo do livro “Quem pensa Enriquece”. Um material totalmente gratuito que eu desenvolvi para inspirar você a ir mais longe.

Quero que você aprenda tudo o que eu aprendi com esse livro e também tenha acesso a um conteúdo que, bem aplicado, pode trazer mudanças reais na sua vida.

Neste artigo, você não vai ler aqui nada do tipo fique rico fácil, fique rico rápido e que é para todos. 

Porque não é para todos!

É só para aquelas pessoas que realmente têm muita força de vontade, muita determinação em construir um futuro melhor.

Dê uma olhada em tudo o que você vai ver. Navegue à vontade por cada tópico e descubra aquilo que ninguém contou a você.

O QUE VOCÊ (E A MAIORIA DAS PESSOAS) QUER APRENDER?

meu-primeiro-milhao

Há algumas semanas eu realizei uma enquete no meu Instagram – @ramirogomesferreira –  perguntando paras os meus seguidores se eles preferiam ver conteúdos de investimentos no mercado financeiro ou conteúdo sobre empreendedorismo.

A maioria esmagadora delas, 75% para ser mais exato, respondeu que preferia ver conteúdos sobre investimentos.

Então decidi fazer um estudo bem interessante.

Sugeri as pessoas que escolheram investimentos, que me mandassem qual era o patrimônio delas investido no mercado financeiro e quais eram seus aportes mensais.

Recebi dezenas de respostas e selecionei aleatoriamente 12 delas. Com base nas informações recebidas, criei essa tabela. Veja:

Para estabelecer o prazo de conquista de R$1.000.000,00 e R$2.000.000,00eu usei a premissa de que cada pessoa iria investir bem esse dinheiro.

Um dinheiro bem investido rende 0,5% ao mês acima da inflação e líquido de taxas. Ou seja, uma taxa de retorno muito boa, de alguém que está cuidando muito bem do seu dinheiro.

Isso significa dizer que, usando uma taxa real de juros, portanto, acima da inflação, que a coluna de prazo para a conquista do “meu primeiro milhão”de reais mostra o tempo para atingir esse valor ajustado a dinheiro de hoje. Isto é, mantendo o mesmo poder de compra.

O QUE REALMENTE VAI DEIXAR VOCÊ RICO

meu-primeiro-milhao

Vamos então, inicialmente, observar aquelas pessoas que fazem grandes aportes.

A primeira pessoa, tem um patrimônio inicial de R$ 25.000,00, e faz aportes de R$ 5.000,00 mensais. 

A segunda pessoa tem um patrimônio maior e faz R$ 2.000,00  de aportes mensais.

Olha que interessante, a primeira pessoa que começou com R$ 25.000,00  e com aportes bem altos, de 5 mil reais por mês, vai demorar 11 anos para conquistar o primeiro milhão.

Já a segunda pessoa, que começou bem mais na frente, com um patrimônio quase dez vezes superior, mas com aportes menores,  demora mais tempo para chegar no primeiro e no segundo milhão de reais.

Um patrimônio de 1 milhão de reais proporciona uma renda passiva, acima da inflação e líquida de imposto, de R$ 5.000,00 por mês. Por ser um patamar razoável, foi escolhido como meta. 

Enfim, esses dados deixam muito claro a minha primeira conclusão. 

E que o seu educador financeiro talvez nunca tenha te contado: o que enriquece é o trabalho

O que te enriquece é o volume dos aportes que você faz todos os meses. 

Esse é o fator mais importante da construção patrimonial e quase nunca se ouve isso na educação financeira.

A DURA REALIDADE DE QUEM POUPA POUCO DINHEIRO

meu-primeiro-milhao

Mas vamos voltar para a tabela e olhar, agora, aquele pessoal que faz os menores aportes mensais. 

Vamos ignorar aqueles com um patrimônio muito alto e vamos selecionar esses três:

A pessoa que está com R$ 1.300,00 de patrimônio e aporta R$ 150,00mensalmente tem um prazo para a conquista do primeiro milhão é de quase 60 anos!

E o prazo para a conquista do 2º milhão é de 70 anos para frente!

Os outros dois casos, embora tenha um prazo bem menor, também são prazos muito altos. O pessoal demora quase 30 anos para chegar no primeiro milhão e depois quase 40 anos para chegar no segundo milhão.

Quando eu vejo esses dados de um pessoal que está começando a montar agora o seu patrimônio e não faz aportes muito altos, chego a segunda conclusão deste estudo.

Um plano de formação patrimonial que leva 40 anos para proporcionar uma renda passiva na faixa de R$5.000,00 por mês, naturalmente, irá deixar você desmotivado.

Se você consegue poupar 150 reais por mês há um indício muito forte de que você ganha um ou dois salários mínimos.Ou seja, R$ 1.000,00 ou R$ 2.000,00 e consegue poupar cerca de 15% ou 7,5% da sua receita mensal.

Imagine agora que, por um acaso um cano estoura na casa, por exemplo, ou qualquer outro tipo de problema e você gasta essa parte do dinheiro acumulado.

Esse gasto extra pode ser do tamanho dos seus aportes mensais ou, dependendo do imprevisto, do tamanho daquilo que você já tem acumulado.

Uma situação dessa, naturalmente, irá desmotivar você. Porque o esforço para poupar essa pequena quantia não vale o retorno que ela te devolve aplicada no mercado financeiro.

Você também não acha desmotivador aportar menos de mil reais por mês e ter esperar 40, 50, 60 anos para ver ele realmente crescer?

AS MELHORES DICAS DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA: DESCUBRA O QUE FAZER QUANDO VOCÊ TEM POUCO DINHEIRO

meu-primeiro-milhao

Agora você deve estar pensando:

Ramiro, se eu consigo poupar apenas uns 150 a 200 reais por mês, então eu não devo poupar mais? Devo gastar mais? É isso que está querendo dizer?”

Mas é claro que não! Existe algo que você pode fazer para melhorar a sua vida financeira e conseguir poupar mais dinheiro. 

O resultado desse estudo eu transformei em 2 dicas para lidar com essa situação. Duas formas de agir e realmente mudar a sua realidade financeira.

DICA #1

A dica número 1 é,  justamente, para você não seguir esse caminho de que se você poupa pouco então não deve poupar. Não!

Você deve sim aprender a poupar, deve ter um bom controle financeiro e cuidar bem do seu dinheiro. Isso é muito importante! Até porque uma má gestão financeira não é corrigida com mais dinheiro.

Eu conheço algumas pessoas que foram nossos clientes de consultoria, antigamente, que ganhavam de 20 a 25 mil reais e eram muito endividados. Ou seja, não é porque você ganha bem que você tem um boa saúde financeira.

É essencial ter uma boa gestão financeira, mas o grande ponto é que só isso não basta!

DICA #2

A segundo dica é: a partir dessa organização financeira da dica número 1, você começa a pegar esse dinheiro que sobra, que seja R$ 100,00, R$ 200,00 ou R$ 300,00 e realiza o melhor investimento que existe…

O investimento em você mesmo.

Esse dinheiro poupado você deve utilizar para aprender novas habilidades, se tornar um profissional melhor. 

Compre livros, faça cursos, ou seja, torne-se um profissional de valor para ser melhor remunerado.

Dessa forma, ganhando mais dinheiro, você vai conseguir poupar mais e consequentemente fazer aportes maiores

Certa vez, uma pessoa ficou muito incomodada comigo por eu falar isso e me mandou uma mensagem assim:

Ramiro, eu discordo muito! Falar isso num país como o Brasil, em que tudo é tão difícil, é muito desmotivador! Você deveria mostrar um outro caminho para essas pessoas que poupam 100, 200 reais por mês.

Só que a grande questão é que não existe outro caminho. 

Quem procura um outro caminho pelo mercado financeiro, vai acabar caindo em esquemas de pirâmides, que são aquelas promessas de 1,5 por cento ao dia.

Ou empresas que induzem as pessoas ao erro, para vender mais relatórios, prometendo multiplicar o seu patrimônio muito rapidamente em pouco tempo.

E essas duas formas, essas duas formas de “atuar” no mercado financeiro, vão te acabar fazendo perder todo o seu dinheiro.

Então, temos que trabalhar com a realidade.

Eu adoraria dizer que é possível todo mundo investir 100 reais por mês e se tornar muito rico. Seríamos um país mais rico, mais feliz, não teríamos violência, seria tudo uma maravilha!

Pena que isso não existe! 

Por isso você tem que seguir esses dois passos: primeiro, ter uma boa organização financeira e o segundo, a partir do momento que você começa a poupar um pouco, invista em si mesmo para ganhar mais dinheiro

UMA ONDA NO OCEANO: A TRAJETÓRIA PARA O  MEU PRIMEIRO MILHÃO

meu-primeiro-milhao

Vamos voltar, rapidamente, para a pesquisa e mostrar o outro lado da moeda: aquele pessoal que já tem um grande patrimônio e faz aportes relevantes. Veja:

Você pode ver que todos eles conquistam o primeiro milhão em menos de 20 anos e segundo milhão entre 20 e 30 anos.

E, embora, seja um prazo longo, é algo muito mais factível do que 40, 45, 60 anos para a conquista do 1º milhão.

Nesse caso, essas pessoas, que já têm uma boa organização financeira e, provavelmente, já ganham um salário interessante, aí sim é muito importante entender com investir bem o dinheiro no mercado financeiro.

Dessa forma, eles poderão ver o dinheiro crescer exponencialmente deixá-lo trabalhando para eles.

Onde que eu quero chegar com isso? 

Que a ideia dos juros compostos é sim muito importante, mas eles funcionam de maneira muito peculiar.

Juros compostos funcionam como se fossem uma onda no oceano.

Se você for lá para o meio do oceano, longe da praia, você praticamente não enxerga as ondas.

E é, basicamente, a mesma coisa com os juros compostos.

Eles começam bem pequenos, começam com muito pouco, como uma onda no meio do oceano, ou seja, quase imperceptível. 

Mas conforme vai se aproximando da beira da praia, ou seja, conforme o patrimônio vai aumentando, você aportando mais, e botando mais lenha na fogueira do crescimento patrimonial, maior a onda fica. 

Enfim, o que eu quero dizer que é essencial saber investir. É essencial aprender sobre o mercado financeiro e aprender a investir bem.

Mas não espere ficar milionário em pouco tempo através do mercado financeiro. 

O que vai enriquecer, de fato, é o seu trabalho. E isso o seu educador financeiro não conta!

CONCLUSÃO: UMA REGRA SIMPLES DA EDUCAÇÃO FINANCEIRA. 

Enriquecer é tão simples como o gráfico acima.

Chega um momento em que as suas receitas são bem maiores do que os seus gastos.

A partir daí, você consegue ter uma boa sobra de caixa para colocar esse dinheiro para trabalhar para você.

Meu foco é ensinar você a trazer a receita pra cima. 

Então, siga essa regra simples da educação financeira: ganhe mais dinheiroe faça sobrar mais! Assim, mais rápido você poderá dizer:

Conquistei o meu primeiro milhão!

Não quero que você viva uma vida paupérrima vivendo com gastos muito baixos, deixando o lado bom da vida para amanhã.

Quero que você aprenda a lidar da melhor maneira com a realidade e vença o jogo das finanças pessoais!

Gostou deste artigo? Então compartilhe com seus familiares e amigos!

Deixe seu comentário abaixo e conta pra gente qual é o seu prazo para independência financeira!

Agora você também tem acesso ao E-book Resumo do livro “Quem pensa Enriquece”.

Lembre-se: leitura é um dos melhores investimentos que há! Aproveite!


Artigos Relacionados