O valor da gasolina é um dos primeiros indicadores que os consumidores sentem quando a economia é afetada por políticas de importação e exportação, guerras, preço do dólar, entre outros fatores.

Sempre que acontece uma variação no preço da gasolina, muitas dúvidas começam a surgir sobre a economia do país e reajustes em outros produtos.

Para que você possa ficar tranquilo, é importante entender como é feita a política de preços da gasolina e como isso pode afetar o seu dia a dia.

Ficou interessado para saber mais? Então continue a leitura!

Como é calculado o valor da gasolina?

O preço da gasolina é calculado de acordo com quatro fatores, como:

  • Preço das refinarias (gasolina tipo A, não está pronta para uso);
  • Custo do Etanol Anidro (gasolina tipo C, pronta para uso);
  • Distribuição e revenda;
  • Impostos (CIDE, PIS/PASEP, COFINS e ICMS).

Contudo, desses fatores responsáveis pelo valor da gasolina, o que possui maior influência no preço final é o imposto.

Qual a influência da Petrobras no valor da gasolina?

O valor da gasolina sofre pouco impacto da Petrobras no preço final, isso porque, diante dos quatro fatores que compõem o preço da gasolina, a Petrobras é responsável por apenas um – o primeiro estágio da refinaria.

Assim, o preço na bomba incorpora a carga tributária dos estados e valores praticados por importadores, distribuidores, revendedores e produtores de biocombustíveis.

Tem monopólio no setor de combustíveis?

Não existe monopólio no setor petrolífero no Brasil, desde uma lei implementada em 2002. Ou seja, as importações e exportações acontecem livremente, sem tabelamento ou interferência do governo.

Assim, há bastante concorrência de outros agentes, principalmente dos importadores que praticam preços de acordo com o mercado internacional, que sofre variações de acordo com fatores globais, como preço do dólar, guerras, entre outros.

Contudo, esse valor é apenas uma das etapas que correspondem ao preço final da gasolina.

Qual é o preço da gasolina hoje?

Preço da gasolina e as refinarias de petróleo

Como um dos fatores que compõem o preço da gasolina é o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) e ele varia de estado para estado no Brasil, o preço praticado hoje da gasolina pode ser diferente dependendo da região que você está.

Por que o valor da gasolina não baixa?

Como vimos anteriormente, o preço da gasolina é composto de quatro fatores: preço das refinarias, do etanol, dos impostos e das distribuidoras/revendas. O fator cuja influência no valor da gasolina é maior são os impostos praticados pelos governos, principalmente os estaduais por meio do ICMS.

Assim sendo, mesmo que haja variação no dólar globalmente, isso não quer dizer que o preço da gasolina sofrerá variação no Brasil, já que esse fator corresponde a uma parcela do preço muito pequena.

É verdade que a gasolina vai baixar?

Mesmo tendo havido queda na cotação do petróleo e uma oscilação do dólar, não é possível prever o preço de um item como a gasolina.

Quando a gasolina vai baixar o preço?

Não existe uma previsão de queda no preço da gasolina. Apesar disso, deputados e senadores apresentaram proposta para tentar reduzir o preço dos combustíveis.

O que pode ser feito para a gasolina baixar?

Atualmente, existem quatro projetos tramitando na justiça brasileira para reduzir o preço dos combustíveis no país. São duas PECs (Proposta de Emenda à Constituição), um PLP (Projeto de Lei Complementar) e um PL (Projeto de Lei). Veja a seguir:

  • PEC 1/2022 (PEC do Senador): tem o objetivo de reduzir o valor de alguns tributos que incidem direta ou indiretamente no preço dos combustíveis (IPI, IOF, Cide, PIS/PASEP/COFINS, IE, ICMS), além de criar o vale-diesel para caminhoneiros, vale-gás para famílias de baixa renda e mexeria nos recursos da União;
  • PEC da Câmara (ainda sem número): visa a redução ou extinção dos impostos que incidem sobre o preço dos combustíveis;
  • PLP 11/2020: os Estados deveriam estabelecer um valor fixo anual para o ICMS, que possui influência direta no preço dos combustíveis;
  • PL 1472/2021: tem o objetivo de criar um escalonamento para tributação de exportação do petróleo bruto e pelo lucro extraordinário da Petrobras com o aumento do preço do barril de petróleo.

Apenas o PL 1472/2021 foi aprovado no dia 10 de março.

O que pode mudar no valor da gasolina após a queda do dólar?

Brasil ocupa 3º lugar de países com a gasolina mais cara do mundo

Apesar da queda do dólar, é improvável que os preços da gasolina no Brasil variem (pelo menos para baixo). Isso porque a Petrobras já pratica preços defasados em relação ao mercado internacional em suas refinarias.

Além disso, seria necessário que a queda do dólar durasse por mais tempo para que os efeitos fossem sentidos no mercado de combustíveis do Brasil.

Por isso, a queda do preço da gasolina é improvável que aconteça, mesmo com a queda do dólar.

Por que o dólar está caindo tanto?

Apesar da guerra na Ucrânia e à alta de juros nos Estados Unidos (fatores que levariam a uma desvalorização do real frente à moeda americana), o dólar vem sofrendo uma queda nestas últimas semanas de 2022, chegando ao menor patamar desde março de 2020.

Dessa forma, existem dois fatores principais para isso: a alta das commodities (no qual o Brasil é um grande produtor e exportador mundial) e a alta da Selic (taxa básica de juros da economia brasileira), chegando a dois dígitos.

Além disso, com a guerra acontecendo no leste europeu, muitos investidores saíram da Rússia e têm apostado nos mercados emergentes, aproveitando que a bolsa brasileira está barata.

A inflação pode melhorar com a queda do dólar?

Apesar da queda do dólar afetar diversos outros setores, a inflação não deve sentir impacto com este fator.

Para que a variação do preço do dólar pudesse variar na inflação brasileira, essa queda deveria se sustentar por mais tempo – o que não se acredita que possa acontecer.

Como vai ficar a gasolina em 2022?

Etanol x Gasolina: qual mais vantajoso?

Como dito acima, não é possível prever o preço de um item como a gasolina. Pelo contrário, devido às instabilidades no mercado internacional e no próprio país, ela pode sofrer variações, aumentando de preço.

Contudo, não são apenas os motoristas de carros e motos que podem sofrer o impacto do valor da gasolina este ano. Com o aumento do preço dos combustíveis, o preço da passagem de ônibus pode sofrer variação também.

Se mantenha atualizado com o Clube do Valor

O Clube do Valor é uma gestora de investimentos que, além de ter diversos cursos para te ajudar na sua jornada para ser um investidor melhor, tem um blog para te manter sempre atualizado nas ultimas notícias e desenvolver cada vez mais a sua educação financeira.

Além disso, não deixe de conferir os nossos conteúdos gratuitos para continuar desenvolvendo a sua educação financeira no instagramyoutube e facebook.