Como Comprar Ações na Bolsa de Valores: Guia Completo em Apenas 4 Passos Simples

Como comprar ações

Como comprar ações?

Essa é uma das maiores dúvidas de grande parte dos investidores.

E eu realmente não consigo entender claramente o porquê dela.

Desconfio que seja por conta da falta de conteúdo de qualidade sobre o tema…

Ou ainda pelo fato de que a maior parte do conteúdo disponível sobre o assunto seja focado em promessas milagrosas de ganho rápido, com estratégias duvidosas e de difícil aplicação prática.

Independentemente de qual seja a sua motivação, uma coisa é certa:

Investir na bolsa de valores comprando ações não é um bicho de sete cabeças.

Para ter sucesso nesse mercado, é necessário, basicamente:

  • Conhecer bem o processo de como comprar ações; e
  • Seguir uma boa estratégia de investimentos.

Embora o segundo ponto seja mais importante, ambos são essenciais.

E no artigo de hoje, vamos tratar do primeiro.

Aqui, o conteúdo que será compartilhado certamente vai responder ao seguinte questionamento:

Como comprar ações na bolsa de valores?

Se você caiu aqui à procura dessa resposta, continue a leitura para aprender a fazer isso em apenas 4 passos.

Se preferir, pode se guiar a partir do índice de conteúdo abaixo:

Se você já domina o assunto e quer apenas tirar algumas dúvidas, use o formulário abaixo para isso.

É só preencher com os seus dados e mandar o seu questionamento.


Ah, e não se preocupe.

Se você busca informações a respeito de como investir na bolsa com uma boa estratégia de investimentos, então eu recomendo fortemente a leitura dessa carta aberta.

Ela realmente vai te dar um bom norte sobre quando decidir por comprar e quando decidir por vender uma ação.

Feitas essas considerações, vamos para o conteúdo!

CONCEITOS BÁSICOS

Como comprar ações

Antes de ensinar a como comprar ações, acho importante apresentar alguns conceitos básicos.

Essas são definições que acho essencial que o investidor domine antes de realizar qualquer operação na bolsa.

Sem esse conhecimento, é muito provável que você vá estar se arriscando ao investir o seu dinheiro em renda variável.

O que é uma Ação?

Para explicar o que é uma ação, sempre gosto de usar a analogia da construção civil.

Pense em uma estrutura qualquer, como uma casa.

Essa casa é composta basicamente por diversos tijolos.

Nesse sentido, podemos dizer que cada tijolo dessa casa representa a “menor parcela” dessa construção.

Dessa forma, uma ação nada mais é do que a menor parcela de uma empresa.

As ações são “pequenas fatias” de uma empresa que abriu capital na bolsa de valores.

Ao comprá-las, o investidor passa a ser sócio dessa empresa.

O que é a Bolsa de Valores?

O segundo conceito que acho importante explicar é a própria bolsa de valores.

Diferente do que muitos ainda devem imaginar, esse não é aquele lugar cheio de pessoas gritando, usando o telefone e apontando para alguns telões.

Essa visão está desatualizada.

Hoje, a bolsa de valores é um mercado organizado onde são negociadas as ações de empresas de capital aberto (e outros valores mobiliários).

Graças a tecnologia, todo o pregão (nome dado ao sistema de negociação da Bolsa de Valores) acontece de forma eletrônica.

É por isso que aquela cena caótica que já vimos em muitos filmes e telejornais é coisa do passado.

Hoje, podemos entender a bolsa de valores como um lugar onde os investidores podem comprar e vender diferentes tipos de ativos.

O que é um Home Broker?

Se o pregão acontece de forma eletrônica, como os investidores conseguem acessar a bolsa de valores?

Simples: através do home broker, uma interface pela qual os investidores enviam ordens de compra e venda de ações e outros ativos negociados na bolsa.

Essa interface geralmente é fornecida pelas corretoras de valores e pode ter formato e funcionalidades diversas.

Daqui a pouco você vai conhecer pelo menos 4 home brokers diferentes.

COMO COMPRAR AÇÕES

Como comprar ações

Agora que você já conheceu esses conceitos básicos do mercado acionário, posso explicar como comprar ações.

Os 4 passos a seguir representam o mínimo do mínimo para quem quer participar da bolsa de valores.

eBook Gratuito Revela os 3 Segredos Para o Sucesso Investindo em Ações

Clique no botão abaixo e solicite a sua cópia do nosso novo eBook Gratuito

Se você for um investidor mais sofisticado, pode transformar esse passo a passo em algo muito mais complexo e completo.

Mas, para fins educativos, vou manter assim para facilitar o entendimento de quem ainda não conhece muito bem todo o processo.

Passo 1 – Abra uma conta em uma corretora de valores

Para comprar ações na bolsa de valores, é preciso ter uma conta em uma corretora de valores.

A corretora é a empresa que faz o meio de campo entre o investidor e diversos ativos do mercado.

Inclusive os de renda variável, como é o caso das ações.

Também é a corretora a responsável por disponibilizar o home broker, aquela interface que o investidor utiliza para gerar suas ordens de compra e venda.

Passo 2 – Escolha a ação (ou as ações) que você quer comprar

O segundo passo provavelmente é o mais importante.

É aqui que o investidor vai tomar a decisão de qual ação comprar.

Nesta parte eu não quero me delongar muito, pois sei que esse é um assunto bastanteee abrangente.

Para explicar melhor esse simples passo, lançamos um curso inteiro de investimentos que foi batizado de “Descomplicando o Mercado de Ações”.

Você pode conhecer melhor esse curso clicando nesse link.

Aqui, vou deixar também um vídeo que pode te ajudar a ter mais clareza sobre esse assunto.

Passo 3 – Envie dinheiro para a sua corretora

Depois de decidir qual ação (ou ações) comprar, o investidor precisa enviar o dinheiro para a sua corretora.

Isso geralmente é realizado através de uma transferência eletrônica (TED) para a conta de titularidade do investidor.

É preciso, obviamente, transferir uma quantia igual ou superior ao que se deseja investir.

Passo 4 – Faça um pedido de compra através do home broker

Com o dinheiro na conta da corretora, o investidor precisa acessar o home broker e fazer os pedidos de compra.

E essa é a parte que geralmente assusta os investidores, pois o home broker pode parecer um bicho de sete cabeças.

Além disso, o investidor desavisado pode não entender que se deve procurar pelo código da ação no home broker, e não pelo nome das empresas.

Mas todas essas complicações desaparecem depois de um tempo.

É só questão de se acostumar com a interface do home broker e com os códigos das empresas listadas na bolsa.

4 home brokers diferentes para você ir se acostumando

Observando os 4 passos podemos concluir que comprar ações realmente não é algo tão difícil.

Na verdade, o ato de comprar é um processo mecânico, uma sequência de passos que não exige conhecimento especializado.

A parte mais importante do passo a passo, porém, é a segunda etapa, momento em que decidimos quais ações comprar.

É nela que você deve ter mais atenção e cuidado.

O restante é bastante simples de aprender.

Entretanto, se você ainda se sente inseguro sobre algum desses passos, trago a seguir a imagem de 4 home brokers diferentes.

O objetivo é fazer você ir se acostumando e entender que o home broker nada mais é do que uma interface para a compra e venda de ativos.

Como comprar ações
Home broker da corretora ModalMais

 

Como comprar ações
Home broker da corretora Easynvest

 

Como comprar ações
Home broker da corretora Clear
Como comprar ações
Home broker da corretora Rico

Em cada uma dessas imagens, tente identificar os pontos em comum.

Perceba que em todos os home brokers aparecem as ordens realizadas pelo investidor.

É por ali que você acompanha todos os pedidos de compra e venda de ações.

Outra característica em comum é a janela de compra ou de compra/venda.

É ali que o investidor vai preencher os dados de sua compra, como o código da ação e a quantidade de papéis a serem adquiridos.

Depois de efetuar o pedido, ele será imediatamente exibido na lista de ordens, bem como o respectivo status do pedido.

E isso é basicamente tudo que o investidor precisa saber para começar a comprar suas próprias ações.

OUTRAS FORMAS DE COMPRAR AÇÕES

Como comprar ações

Tudo o que você leu até agora serve para os investidores que querem comprar ações diretamente e montar suas próprias carteiras.

Porém, essa não é a única forma de investir na bolsa de valores.

Além de comprar ações diretamente, o investidor pode participar do mercado através de outras 4 formas.

Fundo de Investimentos

Quando o investidor decide participar de um fundo de investimento, ele compra cotas de uma carteira montada por um gestor profissional.

É o gestor quem decide quais ativos comprar e vender de acordo com o que achar mais interessante, desde que a decisão esteja de acordo com as políticas do fundo.

No caso do mercado acionário, o investidor precisaria escolher um fundo de ações, assunto do vídeo abaixo:

Clube de Investimentos

Os Clubes de Investimentos são muito parecidos com os fundos.

A diferença é que aqui só participam pessoas físicas e há um limite mínimo e máximo de participantes (3 e 50, respectivamente).

É como se amigos e familiares se reunissem em um clube de investimentos para tentar diluir os custos operacionais de se investir na bolsa de valores.

Carteiras Administradas

Se você entendeu bem o conceito de fundo de investimentos e clubes de investimentos, então entender o conceito de carteira administrada será simples.

Aqui, você conta com todos os benefícios de ter um gestor profissional de investimentos “pilotando” a sua carteira e, ainda, mantém os benefícios de investir diretamente nos ativos:

  • Isenção de IR para vendas de ações de até R$ 20.000,00 no mês;
  • Carteira customizada de acordo com seu perfil de investidor; e
  • Maior controle sobre as operações realizadas pelo gestor.

Se esse serviço chamou a sua atenção, então eu te convido a saber mais sobre ele nesse artigo aqui.

ETFs

As ETFs, ou Exchange Traded Funds, são fundos espelhados em algum índice e são negociados da mesma forma que ações na bolsa de valores.

Ao comprar uma ETF, o investidor na verdade está comprando uma cesta de ações.

Esse é o caso do BOVA11, índice que espelha o Índice Bovespa (Ibovespa).

Com apenas uma compra, o investidor está adquirindo um pacote com mais de 60 ações, diversificando o investimento e economizando nos custos operacionais.

PONTOS IMPORTANTES

Como comprar ações

Antes de concluir o artigo, gostaria de deixar claro alguns pontos importantes.

Esses são detalhes que podem fazer toda a diferença entre ter sucesso ou não na bolsa de valores.

Taxa de corretagem

A taxa de corretagem é uma das principais preocupações de quem investe na bolsa de valores.

Afinal, ela pode ter um impacto bem significativo nos seus investimentos dependendo do montante aplicado.

O investidor precisa tomar o cuidado para encontrar uma corretora que cobre uma taxa de corretagem justa e evitar ficar trocando de posição com muita frequência.

Você pode aprender mais sobre o tema neste vídeo abaixo (a partir do minuto 9:00), no qual eu falo sobre o mínimo para investir em vários tipos de ativos).

Outros custos operacionais

Entre outros custos operacionais, eu poderia citar como principal deles a taxa de custódia.

Esse é o valor cobrado por algumas corretoras para a guarda e manutenção dos ativos financeiros.

Recentemente, algumas empresas decidiram isentar os investidores dessa tarifa, o que é muito bom.

Portanto, tente sempre dar preferência para as corretoras que não cobram taxa de corretagem e taxa de custódia.

Para mais informações sobre as taxas da bolsa de valores, recomendo que você assista ao vídeo abaixo a partir do minuto 7:22.

Conheça o seu perfil de investidor

Outro ponto muitíssimo importante é conhecer o seu perfil de investidor.

Quando você conhece a sua tolerância ao risco e sabe o quanto aguenta estar exposto a determinadas situações, vai tomar decisões financeiras muito mais inteligentes.

Para sua sorte, eu também tenho um vídeo que fala exatamente sobre esse assunto.

CONCLUSÃO

Como comprar ações

E assim chegamos ao fim de mais um artigo aqui do Clube do Valor.

Aqui você pode aprender a como comprar ações em apenas 4 passos, além de outras 4 maneiras de participar da bolsa de valores.

Além disso, também mostrei o visual de 4 home brokers para os investidores já irem se acostumando com essa interface.

Por fim, você pôde entender alguns pontos importantes que precisamos estar atentos para ter sucesso na bolsa de valores.

Sabe qual é o seu próximo passo?

Conhecer o Método Clube do Valor de Investimento em Ações.

Nesse artigo aqui, eu explico bem os pormenores desse método e te mostro como investir em ações seguindo uma robusta estratégia de investimentos.

Leia agora!

E se você gostou desse conteúdo, tenho certeza que você também gostará da ferramenta para cálculo de independência financeira que criamos para você:

Cálculo Independência Financeira
 
R$
,00

Considerar poder de compra atual (a dinheiro de hoje)

Prazo
anos
R$
,00
R$
,00
CALCULAR

Através dessa calculadora, você terá em mãos um verdadeiro planejamento financeiro pessoal para descobrir quanto falta para você viver de renda!

Eu vou ficando por aqui.

Forte abraço,

Ramiro Gomes Ferreira.

Como Comprar Ações na Bolsa de Valores: Guia Completo em Apenas 4 Passos Simples
5 (100%) 2 votes