4 Simples Passos Para Você Começar Seu Planejamento Financeiro Pessoal Imediatamente

planejamento-financeiro-pessoal

Já pensou em organizar as suas contas e saber como investir economizando?

Então você precisa conhecer o conceito de planejamento financeiro pessoal.

Neste post, escrito por Andreia Silveira, do site Emprestimo.org, você conhecerá alguns passos importantes para começar a fazer o seu planejamento financeiro pessoal.

Mas antes, vamos ao conceito de planejamento financeiro.

O planejamento financeiro é uma ferramenta de gestão aplicada em seus recebimentos e gastos.

Ou seja, ele serve para que você consiga organizar suas receitas e despesas para um melhor controle das suas finanças pessoais.

É uma ferramenta poderosa para que você consiga evitar realizar compras por impulso e contrair dívidas.

Interessante?

Então vamos conhecer, agora, 4 simples passos para que você comece a realizar seu controle financeiro pessoal e mais 5 poderosas dicas para definir seu planejamento.

PASSOS SIMPLES PARA COMEÇAR UM CONTROLE FINANCEIRO PESSOAL

Agora que você já sabe a importância de ter um planejamento financeiro pessoal, veja como ter um controle financeiro pessoal com um passo a passo bem simples, mas muito funcional:

  1. Determine o seu objetivo

É muito importante que você defina qual o seu objetivo.

Isso significa saber exatamente se o que deseja é guardar dinheiro para a faculdade dos filhos, juntar dinheiro para comprar um bem, realizar a viagem dos sonhos, para o casamento ou mesmo fazer um “pé de meia” para o futuro.

  1. De quanto (R$) você vai precisar para alcançar o seu objetivo?

Defina um valor X que você vai precisar para realizar a sua meta e alcançar o seu objetivo.

Somente assim você poderá alcançar a sua meta.

Caso você não consiga chegar a um valor exato, seja conservador. Faça uma estimativa sempre para um valor mais alto.

  1. Para quando deseja alcançar o seu objetivo?

Defina uma data para realizar o seu objetivo, sem deixar brechas para que possa ter um planejamento adequado.

Não importa se o tempo para alcançá-lo demore 30 anos ou 1 mês.

O importante é saber o prazo.

  1. Trace linhas para atingir seu objetivo

Veja qual o tipo de investimento mais ideal para realizar o seu objetivo.

Descubra se, para alcança-lo é mais prudente investir no CDB, em fundos imobiliários, em títulos públicos ou em outras classes de ativos…

Para facilitar, entenda cada tipo de investimento, pois eles influenciam em questões como prazo, objetivo e valores.

DICAS PARA DEFINIR UM PLANEJAMENTO FINANCEIRO PESSOAL

Para fazer um planejamento financeiro pessoal de forma excelente, anote essas dicas:

  1. Receitas e despesas

Você precisa ter um acompanhamento mensal sobre suas receitas e despesas para um melhor controle financeiro.

Isso inclui suas despesas no geral, incluindo compras pessoais.

  1. Compare preços

Antes de finalizar uma compra, tenha certeza de que comparou os valores com várias lojas.

Você pode usar a internet para isso e obter um excelente desconto.

E se você anotar todas suas compras e os descontos recebidos em cada uma, ao final do ano perceberá o quanto lucrou com isso.

Uma boa dica para aumentar o desconto é comprar à vista.

  1. Trace seus objetivos dentro da realidade

É comum aumentar a previsão de rendimentos anuais, por exemplo.

Mas para conseguir um resultado mais positivo, o ideal é que considere sempre um pouco menos.

Isso significa que, se acreditar que o seu rendimento seja de 10%/ano acima da inflação, considere apenas 8%.

Essa é uma forma de se prevenir contra problemas eventuais que podem ocorrer sobre os seus investimentos e não vai te prejudicar no resultado final.

  1. Faça metas!

Por exemplo, se você deseja perder 20 quilos não vai conseguir de um dia para o outro, certo?

Para alcançar o seu objetivo e emagrecer, vai precisar controlar a quantidade de gorduras, proteínas e carboidratos diários.

Da mesma forma acontece com qualquer objetivo que você tem.

Isso significa que o planejamento é a chave para o sucesso financeiro pessoal, onde você só vai alcançar o objetivo se seguir um controle de gastos diários e verificar sempre como ele está, ou seja, se você está ou não seguindo-o corretamente.

  1. Mantenha-se informado sobre investimentos

Para ter uma boa educação financeira, é essencial estar sempre informado sobre investimentos.

Lembre-se de que o seu tempo investido vai influenciar totalmente no seu resultado.

Gostou do assunto?

Por: Andreia Silveira, colaboradora do site: Emprestimo.org

Imagem: Mundo das Tribos