Se você é uma pessoa ligada no mundo dos investimentos da Bolsa, certamente já ouviu falar na estratégia Buy and Hold!

Afinal de contas, esse é um método de investimentos muito usado por diversos investidores do Brasil e do mundo.

E isso inclui alguns investidores famosos e gigantescos, com o próprio Luiz Barsi, ou o grande Warren Buffett.

Mas o que é essa forma de investir em ações?

Quais suas vantagens e desvantagens?

E, mais importante de tudo: vale a pena você investir seu dinheiro desta forma?

Essas são todas perguntas que eu vou responder ao longo deste artigo!

O QUE É O BUY AND HOLD?

curto-prazo

Para entender melhor o que é o Buy and Hold, a primeira coisa que alguém deve fazer é… entender o nome desse método!

Buy and Hold” significa “comprar e segurar” em inglês, e isso sintetiza muito bem o princípio fundamental por trás dessa estratégia.

Basicamente, investidores que usam esse método têm uma mentalidade de “virar sócio” das empresas nas quais eles investem.

Assim, a compra de ações por um “Buy and Holder” ou seja, um adepto dessa estratégia começa com amplas análises da empresa por trás dos papéis.

O investidor pode observar fatores como:

  • Governança
  • Histórico de lucros
  • Setor de atuação
  • Potencial de crescimento futuro
  • Estabilidade nas contas
  • Pagamento de dividendos
  • Fluxo de caixa descontado
  • E muitos outros…

Uma máxima de quem investe dessa forma é a famosa frase de Warren Buffett:

“É melhor comprar uma empresa maravilhosa a um preço justo do que uma empresa justa a um preço maravilhoso”

Quando uma empresa passa nas análises de um Buy and Holder e é adquirida por ele, ela tende a só sair de sua carteira caso:

  1. Perca algum dos fundamentos que a tornou atrativa em primeiro lugar
  2. Atinja o potencial de valorização projetado pelo investidor

Por isso, adeptos dessa estratégia podem ficar com ações na sua carteira por um longuíssimo prazo – às vezes, até uma vida toda.

A mentalidade principal é ser dono do negócio também.

Mas quais as vantagens de se investir dessa forma? Por que ela é tão famosa?

É disso que vou falar a seguir!

QUAIS AS VANTAGENS DO BUY AND HOLD?

como-mudar-de-vida

Como você já deve estar imaginando, existem vários pontos positivos em se seguir a filosofia de Buy and Hold para investir em ações!

Primeiramente, e talvez a mais óbvia, é o fato de que essa é uma estratégia que usa o melhor que a Bolsa tem a oferecer a seu favor.

Estou falando do longo prazo!

O Buy and Hold usa a tendência de crescimento no longo prazo que a Bolsa tem a seu favor, pois, ao ficar posicionado durante anos, menor a chance de você perder dinheiro.

Em períodos curtos, as ações podem oscilar bastante mas, no longo prazo, elas tendem a corresponder ao valor intrínseco das empresas que elas representam.

Como diria o grande Benjamin Graham:

“No curto prazo, a Bolsa é como uma urna de sentimentos, mas, no longo prazo, ela é como uma balança”

Essa tendência é mostrada no gráfico abaixo:

Além disso, essa filosofia abomina coisas como ruídos de curto prazo, e a ideia de fazer um “dinheirinho rápido” na Bolsa, o que é algo que todo investidor devia evitar.

O baixo giro da carteira – ou seja, a baixa quantidade de compras e vendas – de Buy and Holders também podem diminuir seus custos ao investir.

Isso porque negociando menos você paga menos taxa de corretagem para sua corretora, e menos Imposto de Renda sobre suas vendas.

Com tantos lados positivos, será que existe algum lado ruim nesse método?

Existe sim, e alguns. E são eles de que vou falar a seguir!

QUAIS AS DESVANTAGENS DO BUY AND HOLD?

quais-os-riscos-de-investir-em-acoes

Como sempre, nem tudo são rosas, e com o Buy and Hold não é diferente.

A primeira desvantagem dessa estratégia, na nossa opinião, é a questão do tempo.

A quantidade de análises que um investidor deve fazer para escolher uma ação com a qual ficar – quem sabe – para sempre é bem grande.

Isso requer muito estudo individualizado por parte do investidor para cada ação que vai comprar – além do acompanhamento delas ao longo do tempo.

Com isso entramos em mais 2 problemas. O primeiro deles é a subjetividade.

Muitas das análises que envolvem a escolha de ações do Buy and Hold são qualitativas – ou seja, não baseada em números apenas, mas na opinião do investidor sobre eles.

Isso abre espaço para equívocos e, mais importante, vieses emocionais – como enquadramento, confirmação, ancoragem e disponibilidade.

Esses vieses, unidos às suas emoções de medo e ganância, podem te levar a escolhas erradas na hora de investir.

O segundo problema decorrente dessa forma de escolha de ações é a falta de clareza da hora de vender.

Em uma análise qualitativa, a hora de vender uma ação pode acabar sendo totalmente fruto da opinião do investidor – e nossa visão dessas coisas é falha.

Por isso, essa falta de clareza é mais um ponto negativo do Buy and Hold.

A busca de empresas “de qualidade” pelos Buy and Holders também leva esses investidores a, muitas vezes, investirem em ações caras.

E isso é mais um ponto antagônico à forma como investimos aqui no Clube do Valor.

Mas, pesando todas essas vantagens e desvantagens, será que na nossa avaliação final o Buy and Hold vale a pena?

Vou responder isso a seguir!

BUY AND HOLD VALE A PENA?

Escolha corretora de valores

Vou direto ao ponto na resposta: nós não seguimos o Buy and Hold aqui, e não acreditamos que ele valha a pena para nós.

E isso não é um ataque a ninguém que segue essa filosofia de investimento – na nossa opinião ela é, inclusive, uma das melhores disponíveis!

Isso também não significa que somos especuladores ou traders – nós investimos com foco em longo prazo também, apenas realizando mais negociações ao longo do tempo.

Porém acreditamos que alguns pontos dela são muito opostos a nossa forma de investir.

Aqui no Clube do Valor, nós seguimos uma estratégia baseada em Deep Value Investing, ou Investimento em Valor Profundo.

Esse é o método de escolha de ações mostrado no livro A Fórmula Mágica de Joel Greenblatt, e o mesmo que Warren Buffett seguia no começo de sua carreira.

Inclusive, ele tinha ganhos maiores nessa época – até 31,6% a.a. com suas partnerships – e só parou de utilizar esse método porque seu capital ficou muito grande para ele participar em empresas cases de valor.

Basicamente, essa estratégia se baseia na compra de ações descontadas, e a venda delas quando se tornam caras.

Só isso já vai contra os princípios do Buy and Hold: para investidores em valor, ações boas não são necessariamente empresas boas, apenas empresas com potencial de se valorizarem.

E é bom lembrar: esse método funciona.

Ações ficam caras porque os investidores esperam que elas mantenham os lucros, e outras ficam baratas por falta dessa crença do mercado.

Dá uma olhada na imagem abaixo, do livro The Acquirer’s Multiple, que mostra esse cenário:

Porém, o fato de uma ação estar barata não significa que ela perdeu seu valor intrínseco, e ações baratas tendem a vencer o mercado, enquanto ações caras tendem a perder:

Nos nossos estudos, nosso método que usa esse princípio teve bons resultados, transformando R$ 100 em quase R$ 50.000 entre 1996 e 2020:

Vale lembrar: resultado passado não é garantia de resultado futuro.

É por isso que investimos em ações descontadas em vez de caras – que são as que os Buy and Holders muitas vezes preferem. 

Ações populares entre Buy and Holders, como WEG, Magazine Luiza e Via Varejo, por exemplo, estão entre as últimas posições do nosso ranking de ações:

Além disso, outro ponto de divergência total que temos com o Buy and Hold é a existência de aspectos qualitativos em seu modelo de seleção de ativos.

Nossas estratégias são totalmente quantitativas, baseadas em números, e não em opiniões, e é assim que nos sentimos mais seguros para investir.

Quer saber mais sobre nosso método de investimentos? Continue lendo para conhecer a estratégia da qual gostamos mais do que o Buy and Hold!

COMO NÓS INVESTIMOS

Value Investing Clube do Valor

Como mencionei na última seção do artigo, aqui no Clube do Valor nós preferimos investir com base no Investimento em Valor Profundo.

Se você quer entender melhor como funciona:

  • Nossa estratégia de Value Investing para escolha de ações descontadas 
  • Nossa estratégia Bull Bear de investimento no Brasil e nos EUA
  • Nossa estratégia S-Rank de seleção de Fundos Imobiliários baratos e bons pagadores
  • E nossa Técnica da Escada para aumentar os rendimentos na Renda Fixa

Tenho o material certo para você…

Trata-se de um ebook gratuito no qual ensinamos todas essas estratégias que usamos para investir centenas de milhões de reais para centenas de clientes de Gestão de Investimentos!

Você pode baixar esse material de graça apertando aqui – embora nós pudéssemos muito bem cobrar por um guia tão completo…

Com isso, me despeço por hoje!

Bons investimentos!

Antonio Stein