Nos últimos anos, muitas pessoas começaram a ter mais acesso e interesse sobre o mundo dos investimentos. Com a facilidade de obter informação e do acesso a corretoras, a bolsa de valores ganhou muitos adeptos. Mas você sabe como começar a investir seu dinheiro?

Se não sabe, tudo bem! Neste guia completo para iniciantes, você vai entender tudo sobre como começar a investir do zero!

O que é investir?

Investir o seu dinheiro, em linhas gerais, significa fazer ele trabalhar para você.

Ou seja, com o seu trabalho, você ganha dinheiro, poupa uma parte e investe em algo: pode ser em renda variável na bolsa de valores, em renda fixa, em imóveis, em outras empresas (por meio de uma sociedade) ou até mesmo no seu conhecimento.

Como começar a investir do zero?

Começar a investir do zero não é tão difícil quanto se imagina. Primeiramente, você precisa muito mais de planejamento, organização e conhecimento.

Portanto, você primeiro precisa avaliar as possibilidades de investimentos e o seu perfil de investidor. Além disso, precisa estabelecer o seu objetivo: por quanto tempo está disposto a investir? Esse dinheiro faz parte dos planos de aposentadoria?

Como aprender a investir?

Existem diversas maneiras de aprender a investir, principalmente com o grande acesso à informação possibilitado pela internet. Por isso, ler todo o material gratuito sobre investimentos que você encontrar pode ajudar muito.

Além disso, fazer um curso de investimentos é uma boa estratégia. Outra coisa que você pode fazer é começar a ler alguns livros sobre como começar a investir para se habituar à linguagem de investimentos e a alguns conceitos básicos.

Quais são os tipos de investimentos?

(Alt: Como começar a investir do zero)

Existem diversos tipos de investimentos no mercado financeiro. Portanto, qual você irá escolher, dependerá do seu perfil de investidor, objetivo e quantia de dinheiro disponível.

De maneira geral, os investimentos se dividem de duas maneiras:

Qual o melhor tipo de investimento para iniciantes?

O mercado de ações tende a render mais a longo prazo do que a renda fixa – embora você possa se sentir mais confortável de começar por ela pela segurança oferecida.

Por isso, o primeiro pensamento que você deve desenvolver ao começar a se tornar um investidor é o pensamento a longo prazo.

Isso significa que você vai ter que criar resiliência e paciência para quedas na bolsa, possíveis crises ou contratempos.

Assim, ao longo da sua jornada, você pode ir percebendo qual é a sua capacidade de lidar com o risco e o seu perfil de investidor para entender qual o tipo ideal de carteira de investimentos para você.

Mas lembre-se: a bolsa não é um cassino, ou um lugar para ganhar dinheiro rápido – diferente do que mostram alguns filmes hollywoodianos. É preciso tomar precauções e conhecer o mercado.

Tenha uma reserva de emergência investida em renda fixa pós-fixada. Ou seja, um montante de aproximadamente 3 a 12 meses de seus gastos mensais para que você consiga se sustentar no caso de ter que deixar o seu emprego ou de ter algum outro problema urgente.

E, por fim, conheça a Estratégia Bull Bear de Investimento em Ações – a melhor estratégia indicada pelo Clube do Valor para começar a investir – veja neste artigo aqui.

O que é preciso para começar a investir?

Você não precisa de muito para começar a investir. O mais importante, neste primeiro momento, é identificar o seu perfil de investidor e traçar os seus objetivos.

Depois buscar informação por meio de materiais gratuitos e cursos, escolha uma corretora e separa uma quantia pequena de dinheiro para fazer o seu primeiro aporte.

Quais os primeiros passos para começar a investir?

Para começar a investir do zero, você primeiro precisa se preparar. As quatro etapas de preparação são:

  1. Estabeleça objetivos (qual é o seu plano e suas metas, por quanto tempo vai investir, etc);
  2. Organize a quantia mensal que será destinada aos investimentos (tente se manter no plano inicial e, se der, aumente um pouquinho);
  3. Descubra o seu perfil de investidor (se é moderado, conservador ou agressivo);
  4. Faça um investimento teste (escolha um valor baixo e coloque a mão na massa).

Onde aplicar o dinheiro para render mais?

No mundo dos investimentos não existe uma fórmula mágica onde você pode aplicar o seu dinheiro para render mais.

Isso porque os seus investimentos dependem de diversos fatores: do seu perfil, da quantidade de dinheiro que você aporta, quais investimentos você escolheu, suas decisões ao longo do caminho, seus objetivos, etc.

Por isso, investir dinheiro é algo muito pessoal. Ou seja: rende mais onde suas necessidades são atendidas!

Em que investir com apenas 10 reais?

Não é preciso ter muito dinheiro para começar a investir. Hoje, com a facilidade da tecnologia, é possível investir em Tesouro Direto e até em ações e fundos imobiliários por um preço muito baixo.

Assim, investigue quais são os valores mínimos de alguns investimentos aqui no Brasil. Com a maioria das corretoras com o custo de corretagem zero, será fácil encontrar uma ação, título de renda fixa, ou fundo de investimentos para fazer o seu primeiro aporte.

Como investir 100 reais e ter retorno rápido?

Como ganhar dinheiro investindo 100 reais todo mês - Riconnect

Você pode, sim, investir 100 reais. Contudo, tem que ter em mente que sua rentabilidade será baixa. Ou seja, a rentabilidade dos investimentos é proporcional a quantidade de dinheiro que você investe: quanto mais você investe, mais irá render.

Mas isso não deve te desanimar! Guardar 100 reais por mês dará a você, ao final do ano, R$ 1.200,00. Já é muito mais do que se você tivesse olhado apenas para um mês, né?

Mas lembre-se: o melhor para os seus investimentos é pensar a longo prazo.

O que rende 1% ao mês?

Para que um rendimento renda 1% ao mês, é necessário que ele tenha uma rentabilidade de 12,7% ao ano.

Em renda fixa, isso quer dizer que essa é a rentabilidade que você precisaria ter em algum título.

Já em renda variável, não há como saber o rendimento porque a sua variação depende de inúmeros fatores.

O que dá mais dinheiro investir?

Como mencionado, não é possível prever o rendimento de todos os tipos de investimentos, principalmente dos de renda variável. Apenas os investimentos de renda fixa já possuem o seu rendimento pré-definido.

Neste caso, você pode comparar os investimentos de renda fixa entre eles para ver qual dá mais dinheiro.

Já investimentos em renda variável é impossível prever qual será a rentabilidade futura.

Caso você queira saber quais foram os investimentos que mais renderam no ano de 2021, veja a lista a seguir:

  1. Bitcoin;
  2. Dólar (venda);
  3. CDI;
  4. Poupança;
  5. Índice de Hedge Funds ANBIMA;
  6. Ouro;
  7. Euro Real;
  8. Ima-B Tot;
  9. Índice de Fundo Imobiliário;
  10. Ibovespa.

Quanto dinheiro é preciso para fazer investimentos?

Você não precisa de muito dinheiro para fazer investimentos.

Com pouco dinheiro, você pode comprar ações, fundos imobiliários ou aportar no Tesouro Direto, com um custo de corretagem zero.

Qual renda fixa rende mais em 2022?

Títulos de renda fixa em geral são separados em três tipos:

  • Atrelados à inflação (exemplo: IPCA + 5% ao ano)
  • Prefixados (exemplo: 10% ao ano)
  • Atrelados à taxa básica de juros (exemplo: Tesouro Selic, 100% do CDI, CDI + 1% ao ano, etc).

Como é impossível prever qual será a inflação ao longo dos próximos meses, uma comparação simples não é suficiente.

Contudo, separei alguns títulos para você dar uma olhada melhor:

  • Tesouro Selic: título público atrelado à taxa básica de juros do país, é dito o investimento mais seguro do Brasil;
  • Tesouro IPCA: ele é um título híbrido, cujo retorno é formado por uma taxa fixa e pelo IPCA (Índice Nacional de Preços do Consumidor Amplo);
  • LCI e LCA: as letras de créditos são isentas de Imposto de Renda e podem ser boas alternativas para este ano;
  • Debêntures: são títulos de dívida emitidos por empresas. Geralmente rendem mais, mas podem acarretar perda total do dinheiro investido. São uma opção para quem quer se arriscar um pouco mais, mas sem sair da renda fixa.

Qual o fundo imobiliário mais rentável?

Segundo um levantamento realizado pela Economatica, o fundo imobiliário com o melhor rendimento no ano de 2021 foi o Urca Prime Renda Closed Fund (URPR11): entregou um acumulado de 42,53% no ano, com dividendos de 18,29%.

Qual é o banco que a poupança rende mais?

A poupança é um investimento com regras definidas e que rende a mesma coisa em qualquer banco.

Contudo, vale a pena pesquisar por bancos digitais em que as contas rendem mais do que a poupança, podendo render de 100% a até 140% do CDI.

Qual é a melhor aplicação financeira hoje?

Não existe a melhor nem uma aplicação financeira ideal. O melhor investimento para você, hoje, é aquele que:

  • Atende às suas expectativas e necessidades;
  • Respeita o seu nível de conhecimento e expectativa;
  • Está de acordo com o seu nível de risco e perfil do investidor;
  • Cumpre os seus objetivos e metas;
  • Você confia.

Como saber qual é o melhor investimento hoje?

Para você saber qual é o melhor investimento hoje, deve analisar as inúmeras variáveis que estão envolvidas com investir dinheiro: o quanto você pode e está disposto a poupar e investir, o seu salário, seus objetivos, perfil de investidor, tempo de investimento e etc.

Por isso, cuide na hora de seguir conselhos de amigos ou “gurus” com os investimentos “da moda”. Saber qual é o melhor investimento para você requer tempo, dedicação e estudo.

Qual o melhor investimento para curto prazo?

As metas de curto prazo são definidas pelo prazo de um ano. Ou seja, são objetivos que você quer alcançar num curto espaço de tempo – podendo ser uma viagem, reforma de um imóvel, entre outras possibilidades.

Os melhores investimentos de curto prazo são:

  • LCI e LCA com vencimentos compatíveis;
  • CDB e LC com vencimentos compatíveis;
  • Fundos de renda fixa simples;
  • Tesouro Selic.

Qual o melhor investimento para médio prazo?

Os investimentos de médio prazo são aqueles que o montante acumulado ajude a conquistar objetivos maiores, como a compra de um imóvel ou a mudança de país, por exemplo, em até 5 anos.

Para que o investimento seja eficiente, ele precisa combinar baixo risco com um prazo de vencimento que proporcione a acumulação necessária devido aos juros compostos.

Os melhores investimentos de médio prazo são:

  • CDBs, LCIs e LCAs com vencimento compatível;
  • Títulos do Tesouro Direto com vencimento compatível;
  • Fundos de renda fixa simples.

Qual o melhor investimento para longo prazo?

Os investimentos de longo prazo são aqueles que você pretende investir por, pelo menos, cinco anos. Assim, a volatilidade dos ciclos econômicos tende a se diluir num longo período.

Portanto, isso faz com que a ação dos juros compostos e o crescimento da economia, ao longo dos anos, seja um fator positivo nos seus investimentos.

Os melhores investimentos para longo prazo são:

  • Fundos de ações;
  • Ações;
  • Fundos imobiliários;
  • E outros.

Qual o melhor investimento para aposentadoria?

Se você está pensando no melhor investimento para aposentadoria, é muito provável que esteja pensando no longo prazo. Dessa forma, fique atento aos investimentos diretamente ligados ao desenvolvimento da economia do país.

Você pode dar uma olhada nos investimentos a longo prazo que citamos acima.

Outro bom investimento para a aposentadoria é o Tesouro IPCA, porque ele é dito um dos melhores investimentos para conter o risco de inflação.

Caso você queira saber mais sobre isso, já publicamos um artigo completo sobre o assunto, que você pode conferir clicando aqui.

Qual o melhor investimento para reserva de emergência?

Reserva de Emergência - O que é, como começar e onde investir

Os investimentos em renda fixa são os melhores investimentos para reserva de emergência. Porque, além de eles serem seguros (com pouca volatilidade), eles possuem alta liquidez.

Ou seja, você terá o seu dinheiro na hora ou em até um dia útil.

Aprenda a investir com o Clube do Valor

Se você ficou animado em começar a investir do zero, poderá contar conosco! Temos muito conteúdo gratuito em nosso blog, assim como cursos e consultorias.

Caso você não tenha interesse ou tempo para se dedicar aos estudos ou para aprender como começar a investir, pode contar com o serviço de Wealth Management – dê uma olhada este artigo para saber mais sobre o serviço.

Cursos

Existem diversos cursos que te ajudam a começar a investir o seu dinheiro. Olha só:

  • Como Investir em Fundos Imobiliários: aprenda de uma vez por todas a investir em fundos imobiliários e atinja muito mais resultados por meio desta estratégia, aumentando os seus dividendos e o potencial de valorização das cotas;
  • Descomplicando o Mercado de Ações: quer aprender sobre o mercado de ações, como começar a investir e aplicar o seu dinheiro? Este é o curso ideal para você!
  • Vencendo o Mercado de Ações na Prática: neste curso, você irá aprender a estratégia para selecionar as ações mais baratas da Bolsa, construindo uma carteira diversificada, mesmo sem experiência;
  • Renda Fixa Sem Segredos: descubra como analisar um título de renda fixa, como encontrar os melhores títulos e como diminuir o risco da sua carteira;
  • Renda Inteligente: quer aumentar sua renda mensal consideravelmente? Então este é o curso ideal para você;
  • Você Declara, o Leão Acalma: quer entender como funciona o imposto de renda? Este é o nosso curso gratuito para você estudar tudo sobre este imposto!

Consultoria

Você prefere montar sua carteira de investimentos com a ajuda de um consultor financeiro certificado? Então a consultoria de investimentos é melhor estratégia para quem está imerso no trabalho, quer aproveitar a família e não tem muito tempo.

As vantagens de contar com uma consultoria de investimentos são:

  • Você obterá o conhecimento e a segurança necessários para investir seu próprio patrimônio;
  • Uma análise completa de todos os seus investimentos;
  • Você receberá um relatório confidencial com detalhes da sua nova estratégia de investimentos;
  • Um consultor certificado guiando você em cada etapa;
  • Suporte por WhatsApp;
  • Consultoria 100% independente, cobrando apenas um valor fixo e evitando, assim, conflitos de interesse.

Não tem tempo para investir bem? Conheça o Wealth Management

Contudo, caso você não se interesse por fazer cursos de investimentos ou optar por um serviço de consultoria, pode se beneficiar de um profissional qualificado que faz a gestão do seu patrimônio – e esse é o serviço de Wealth Management.

As vantagens de obter este serviço são:

  • Uma equipe dedicada a você;
  • Criação de um portfólio alinhado com seu perfil de investidor e objetivos financeiros;
  • Relatório mensal com todas as movimentações da sua carteira;
  • Atendimento pessoal e reuniões periódicas com o seu planejador financeiro;
  • Análise de previdência privada;
  • Encontro com gestores.

Me conte aqui embaixo, qual será o seu primeiro passo como investidor?

Além disso, veja também outros textos que podem te ajudar neste assunto:

Por fim, não deixe de conferir os nossos conteúdos gratuitos para continuar desenvolvendo a sua educação financeira no instagramyoutube e facebook.